Santos

Previsão do tempo para Cubatão

Cubatão / SP

30°

16 Jul segunda

...

30° 25°

    Sobre a cidade de Cubatão

    Cubatão é um município do estado de São Paulo, da microrregião de Santos e é o único município da Baixada Santista que não é litorâneo e, faz divisa com os municípios de Santo André, Santos, a Baía de Santos, São Vicente e São Bernardo do Campo.

    Pelo fato de ser um grande parque industrial a cidade de Cubatão teve em sua história a constante ameaça da poluição, chegando, na década de 1980, a ser indicada pela ONU como a cidade mais poluída do mundo.

    Esse fato desencadeou o envolvimento de indústrias, comunidade e governo, com o objetivo de erradicar esse título da Cidade, e com isso o avanço dessa força-tarefa conseguiu controlar 98% do nível de poluentes no ar, recebendo em 1992 o título de "Cidade-Símbolo da Recuperação Ambiental" da própria ONU.

    A primeira citação oficial sobre Cubatão foi em 1533, na Carta de Doação de Sesmaria, por Martim Afonso, passando a Rui Pinto, as terras do Porto de "Apiaçaba" e as terras da "Barra do Cubatão", entre os rios Ururaí e Perequê. E em 17 de Janeiro de 1819, cinco famílias da Ilha dos Açores vieram para Cubatão, eram eles os "cinco Manuéis" – Manuel Espíndola Bittencourt, Manuel do Conde, Manuel Correia, Manuel Gomes e Manuel Antônio Machado.

    Cubatão lutou bastante até conseguir sua Recuperação Ambiental

    Cubatão lutou bastante até conseguir sua Recuperação Ambiental

    Em 1922, foi criado o Distrito de Paz de Cubatão, que era como um bairro de Santos e com o desenvolvimento da região, foi construída, em 1947, a Via Anchieta, chamada de "orgulho da engenharia rodoviária nacional". Foi a mais moderna das rodovias brasileiras à época, que colaborou com o crescimento e fortalecimento comercial e industrial da região e o bairro começou a perder seus princípios agrícolas e se direcionou ao futuro. Em 1948, a comunidade se organiza para lutar pela elevação de Cubatão a município, e o grupo se torna historicamente conhecido como "Os Emancipadores" e realiza, em 17 de Outubro, um plebiscito, que resulta com a vitória do pró-desmembramento.

    Muitos foram os trajetos percorridos até que o município de Cubatão se consolidasse como parte importante do desenvolvimento da região, e esses caminhos sempre foram os de acesso ao planalto paulista, já que era a cidade que diretamente ligava a capital e o Porto.

    A rodovia dos Imigrantes dá acesso ao planalto paulista

    A rodovia dos Imigrantes dá acesso ao planalto paulista

    Cubatão é uma cidade de muitos monumentos históricos aos seus arredores, como o Cruzeiro Quinhentista que foi construído para a ligação entre o Caminho do Mar com o Caminho do “Padre José” e o Cruzeiro que apresenta no seu centro as datas de 1500 e 1922, além dos nomes de seus colonizadores jesuítas: Tibiriçá, Padre José de Anchieta, Mem de Sá, Nóbrega, Leonardo Nunes, Martim Afonso e João Ramalho.

    Uma importante construção da cidade é um casarão no bairro Vila Nova, que tem uma história interessante, já tendo sido um conservatório de música e dança e também um fórum. Como fórum foi utilizado até o ano de 1963, mantendo sua arquitetura. Naquela época, a mesma sala utilizada pelos investigadores também foi utilizada como sala de tortura, no ano de 1964. Esse mesmo prédio, após o ano de 1982 passou a ser sede da Escola Vila Nova, que depois de alguns anos mudou o nome para Ary de Oliveira Garcia em homenagem a um de seus professores que após sofrer um acidente vascular em uma das salas de aula, faleceu, e muitos funcionários da escola afirmavam ver o professor caminhando pelos corredores.

    Colunas

    Contraponto