Pref 13 e 14

Uso incorreto de smartphones provoca dores na coluna

Problemas como dores de cabeça, dores irradiadas para ombros, cotovelos e mãos pode estar relacionada ao uso excessivo e incorreto dos dispositivos

Comentar
Compartilhar
09 DEZ 2017Por Da Reportagem16h31
A especialista afirma ainda que dependendo do grau de inclinação da cabeça, uma pessoa pode exercer sobre sua cervical até 27 kg de sobrecargaFoto: Divulgação

Estar conectado à internet já faz parte do dia a dia das pessoas. A maioria das horas navegando atualmente são feitas pelo smartphone, dispositivo que avança na rotina dos brasileiros, com aplicações que vêm facilitando a vida dos usuários, como o WhatsApp. Mas nem os todos lados desta mudança comportamental são positivos. É o caso da postura, que vem sendo afetada pelo uso incorreto ou até excessivo destes aparelhos.

Com um posicionamento inadequado da coluna ao longo de um dia, por conta do uso do celular, possíveis dores começam a surgir e irradiam para a cabeça, como as cefaleias cervicogênicas, e também para as regiões dos ombros, cotovelos podendo chegar até as  mãos.

Segundo a fisioterapeuta Vânia Arruda, isso ocorre pelo ato de manter a cabeça baixa ao olhar o smartphone por longos períodos, causando sobrecarga na cervical, gerando até sobrecarga e possíveis lesões na coluna ao longo do tempo. “Este comportamento tem provocado  inversão da curva cervical, hérnias cervicais e outras degenerações”, explica.
 
A especialista afirma ainda que dependendo do grau de inclinação da cabeça, uma pessoa pode exercer sobre sua cervical até 27 kg de sobrecarga, o que pode ser extremamente nocivo para a sua saúde. “O erro mais comum é a pessoa manter a cabeça abaixada por longos períodos para visualizar o celular”, salienta.
 
Um ponto ainda mais importante sobre o assunto é que a maioria dessas lesões acabam gerando dores terríveis.  Os tratamentos fisioterapêuticos são capazes de melhorar dores, mas dependendo da extensão da lesão, conseguimos estabiliza- la, mas não curar.
 
Portanto, a prevenção é o melhor caminho e está relacionada à postura correta durante o uso do celular. “O certo é manter a cabeça reta e o celular na altura do olhar. Além disso, devemos evitar ficar muitas horas  usando os celulares”, salienta Romina Bonder, também fisioterapeuta.
 

Colunas

Contraponto