Entrada da Cidade

Adolescentes são convocados para vacinação contra o HPV

Somente com a aplicação das duas doses da vacina, com intervalo de seis meses, é que os adolescentes ficam 100% protegidos contra verrugas genitais e vários tipos de cânceres

Comentar
Compartilhar
08 JAN 2019Por Da Reportagem16h30
Somente com a aplicação das duas doses da vacina, com intervalo de seis meses, é que os adolescentes ficam 100% protegidos contra verrugas genitais e vários tipos de cânceresFoto: Divulgação/PMS

O Ministério da Saúde deu início neste mês à segunda temporada de vacinação contra o HPV (papilomavírus humano), voltada para meninas de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos.

Somente com a aplicação das duas doses da vacina, com intervalo de seis meses, é que os adolescentes ficam 100% protegidos contra verrugas genitais e vários tipos de cânceres (colo de útero, vulva, pênis, entre outros).

Em Santos, a vacinação é oferecida de segunda a sexta, das 9h às 16h, em 28 policlínicas (ver abaixo). Os adolescentes precisam estar acompanhados dos pais ou responsáveis e o indicado é apresentar a carteira de vacinação, se tiver. Como as unidades de saúde são informatizadas, a falta deste documento não impede a pesquisa da situação vacinal dos usuários da rede municipal, pois os dados constam no sistema Integra Saúde.

Na Cidade, o público-alvo é formado por 20.428 jovens, sendo 12.596 meninas e 7.832 meninos. No ano passado (2018), 5.127 adolescentes tomaram as duas doses da vacina (25% do total). Dados da Central de Imunização da Prefeitura apontam que 1.970 adolescentes, que tomaram a primeira dose da vacina até junho de 2017, ainda não retornaram após o intervalo de seis meses para a aplicação da segunda dose.

“Nós solicitamos aos pais e responsáveis dos adolescentes do público-alvo, os quais ainda não tomaram a primeira ou segunda dose, que aproveitem o período de férias escolares para levá-los aos postos de saúde”, destaca a chefe do Departamento de Vigilância em Saúde, Ana Paula Valeiras, lembrando que para matrícula dos estudantes da rede municipal de ensino, é solicitada a apresentação de certificado que a vacinação está em dia.

AÇÕES

Para sensibilizar sobre a importância da vacinação contra o HPV, foram enviados no segundo semestre de 2018 avisos às famílias dos alunos das escolas municipais, por meio do Programa Saúde na Escola (PSE).

Os agentes comunitários de saúde também estão comunicando durante as visitas domiciliares os pais e responsáveis dos jovens com as doses em atraso para que retornem às unidades.

Locais de vacinação:

Orla

Aparecida (Av. Pedro Lessa, 1.728)
Campo Grande (Rua Carvalho de Mendonça, 607)
Embaré (Praça Coronel Fernando Prestes s/nº)
Gonzaga (Rua Assis Correia, 17)
José Menino / Pompeia (Av. Floriano Peixoto, 201)
Ponta da Praia (Praça 1º de Maio s/nº)

Centro/Área Continental

Conselheiro Nébias (Av. Conselheiro Nébias, 514, Encruzilhada)
Vila Mathias (Rua Xavier Pinheiro, 284, Encruzilhada)
Vila Nova (Praça Iguatemi Martins s/nº)
Caruara (Rua Andrade Soares s/nº)
Martins Fontes (Rua Luiza Macuco, 40, Vila Mathias)
Monte Cabrão (Praça Andrade Soares, 800)

Zona Noroeste

Alemoa e Chico de Paula (Rua Afonsina Proost de Souza s/nº)
Bom Retiro (Rua João Fracarolli s/nº)
Rádio Clube (Av. Hugo Maia s/nº)
São Manoel (Praça Nicolau Geraigire s/nº, São Manoel)
São Jorge e Caneleira (Rua Francisco Ferreira Canto, 351, São Jorge)
Castelo (Rua Francisco de Barros Melo, 184)

Morros

Marapé (Rua São Judas Tadeu, 115)
Nova Cintra (Rua José Ozéas Barbosa s/nº)
São Bento (Rua das Pedras s/nº)
Valongo (Rua Prof. Maria Neusa Cunha s/nº, Saboó)
Morro do José Menino (Rua Doutor Carlos Alberto Curado, 77 A)
Morro da Penha (Rua Três, 150) Monte Serrat (Praça Correa de Melo s/n°)
Morro da Vila Progresso (Rua Três, casas 1 e 2, Vila Telma)
Morro Santa Maria (Rua Um s/n°)
Jabaquara (Rua Rangel Pestana, 475)

Colunas

Contraponto