Santos Vacinação

4 motivos para os homens praticarem Pilates

Alguns dos mais renomados atletas, entre eles o jogador de basquete LeBron James, são fãs do Pilates

Comentar
Compartilhar
17 DEZ 2017Por Da Reportagem16h30
O criador do método era um homem, Joseph PilatesFoto: Divulgação

De fato, as aulas de Pilates são mais frequentadas por mulheres do que por homens. Porém, essa prática é benéfica tanto para eles quanto para elas. Aliás, vale lembrar que o criador do método era um homem, Joseph Pilates, que o desenvolveu para ajudar soldados feridos e debilitados, ou seja, homens! Vale dizer também que alguns dos mais renomados atletas, entre eles o jogador de basquete LeBron James, são fãs do Pilates.
 
Segundo a fisioterapeuta, Walkiria Brunetti, especialista em Pilates, muitos homens sabem dos benefícios da técnica. “O que vemos é que eles têm receio de procurar por ser uma atividade mais frequentada por mulheres, então a dúvida eles é se fazem ou não. Mas, depois acabam adorando as aulas”.
 
Com a ajuda da especialista, elaboramos 4 motivos para convencer os homens de que o Pilates foi feito para eles também. Confira:
 
1. Pilates trabalha o corpo de uma forma global

Se você está acostumado a pegar pesado na musculação, saiba que essa atividade física divide o corpo em segmentos, que é o que você costuma trabalhar: membros inferiores, superiores, costas etc. Já o Pilates trabalha o corpo de uma forma global, o que ajuda, inclusive, na queima de calorias pós-prática. O Pilates também trabalha equilíbrio e, especialmente o fortalecimento do core, o conjunto de músculos que circunda o nosso centro de gravidade. Ele é formado pelos músculos do abdômen, da lombar, da pelve e do quadril. É o core que mantém a nossa coluna estável e a nossa postura ereta. Quase todos os exercícios do Pilates partem do core.
 
2. Mais flexibilidade

A maioria dos homens reclama de que é pouco flexível. A baixa flexibilidade não só compromete a realização de algumas atividades diárias – como estar de pé e amarrar o cadarço do tênis sem ter que se desdobrar – como, na velhice, pode até limitar a realização de algumas delas. Boa parte dos movimentos do Pilates envolve a movimentação tridimensional, quer dizer, nos três eixos espaciais, o que aumenta a amplitude dos movimentos e melhora a elasticidade muscular.
 
3. Melhora a performance no seu esporte favorito

Sim, o Pilates pode melhorar a sua performance. Ao trabalhar a estabilidade e o fortalecimento do core, ele reduz as chances de lesão, aumenta a coordenação e o equilíbrio. O fortalecimento do core também é fundamental para quem pratica musculação. O levantamento de pesos, por exemplo, é um movimento que parte do core. Se enfraquecido, não só há chances de ele não seja executado de forma correta, como provavelmente você não conseguirá evoluir nas cargas sem se machucar. Outro benefício diz respeito à consciência corporal que se ganha com a prática regular. E consciência corporal é a base de uma boa performance esportiva.
 
4. Desestressa

Em alguns aspectos, o Pilates fez uso de alguns princípios do ioga – a respiração consciente e o foco nos movimentos, por exemplo. Muitos exercícios do Pilates são desafiadores até para quem já está acostumado com a prática de atividades físicas. É preciso concentrar-se nos movimentos para conseguir realizá-los. Com isso, a mente não fica voltada para pensamentos ruins ou destrutivos.

Diário da Copa

RUSSIA 2018
Faltam
dias para a Copa

Colunas

Contraponto