Entrada da Cidade

Homem é preso após tentar sacar R$ 35 mil em nome de aposentado em PG

Morador da zona leste de SP, o acusado foi abordado por policiais civis quando saía de uma agência bancária na Vila Tupi.

Comentar
Compartilhar
10 JUN 2018Por Gilmar Alves Jr.20h33

Policiais da Delegacia Sede de Praia Grande prenderam na sexta-feira (8) um homem de 36 anos que tentou sacar R$ 35,4 mil em um banco em nome de um aposentado, usando uma carta de concessão de crédito da Previdência Social e documento falso, com o nome da vítima. O acusado foi abordado pelos investigadores quando saía da agência bancária, na Avenida Presidente Kennedy,  na Vila Tupi, ao desconfiar da demora para liberação da transação.

Sob o comando do delegado Carlos Henrique Fogolin de Souza, titular de Praia Grande, e do investigador-chefe, Alexandre Ventura Júnior, os policiais Alex Brancolin Silva e Janir Silva revistaram o suspeito e localizaram uma carteira de identidade falsa com foto dele e nome da vítima. Os policiais também apreenderam a carta de concessão de crédito, uma conta de telefone em nome da vítima e a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) verdadeira do acusado, que é morador da zona leste de São Paulo. 

Na agência, do Banco Bradesco, os policiais constataram que o homem tentara retirar o limite de R$ 5 mil em espécie e movimentar o restante da quantia, R$ 30,4 mil, para uma conta. Os investigadores ainda apuraram que a demora estava ocorrendo porque o banco identificou que a transação poderia ser fraudulenta. 

A aposentado que foi vítima da ação, de 46 anos, foi localizado pelos policiais e disse que desconhecia a concessão de crédito da Previdência Social.

O acusado foi autuado pelos crimes de tentativa de furto a estabelecimento bancário e uso de documento falso, sendo recolhido à cadeia. 

Colunas

Contraponto