Entrada da Cidade

Temer cobra de prefeitos atuação mais efetiva de guardas municipais

O presidente pediu aos gestores municipais que se reúnam com os comandos das guardas municipais para orientar uma maior mobilização em atividades de segurança

Comentar
Compartilhar
07 MAR 2018Por Folhapress13h31
Na semana passada, Temer anunciou a criação de uma linha de crédito para financiar as polícias estaduaisFoto: Rodrigo Montaldi/DL

O presidente Michel Temer (MDB) cobrou nesta quarta-feira (7) dos prefeitos das principais capitais do país uma maior atuação das guardas municipais em atividades de combate à violência.

Em reunião promovida no Palácio do Planalto, ele defendeu que o efetivo policial tenha uma presença maior e uma função mais "efetiva" e "participativa" na segurança de praças e escolas públicas.

"Na medida em que elas estejam nas ruas, nas praças e diante dos colégios, elas estarão exercendo uma prevenção significativa", disse.

O presidente pediu aos gestores municipais que se reúnam com os comandos das guardas municipais para orientar uma maior mobilização em atividades de segurança.

Ele também solicitou a eles que promovam encontros com comandos policiais e com entidades civis para pedir apoio em atividades para reduzir a insegurança.

"O objetivo é pautar a segurança pública como um dos temas fundamentais para o país", disse.

A reunião desta quarta faz parte de esforço do presidente em tornar o tema da segurança pública uma das vitrines eleitorais de seu mandato.

Apesar de negar publicamente, o presidente tenta viabilizar uma candidatura à reeleição caso seus índices de rejeição caiam até maio.

Na semana passada, Temer anunciou a criação de uma linha de crédito para financiar as polícias estaduais.

Do total de R$ 42 bilhões, R$ 10 bilhões serão destinados aos municípios.

Colunas

Contraponto