Entrada da Cidade

PRTB nega que inteligência das Forças Armadas ajudem Mourão

A assessoria do partido reconhece que o general da reserva carrega esses dados, mas afirma que foram elaborados pela equipe de comunicação

Comentar
Compartilhar
13 SET 2018Por Folhapress19h50
O PRTB negou que o general Hamilton Mourão receba informações da inteligência das Forças ArmadasFoto: Pedro Ribas/ANPr/Divulgação

O PRTB negou que o general Hamilton Mourão receba informações da inteligência das Forças Armadas para usar contra seus adversários.

A assessoria do partido reconhece que o general da reserva carrega esses dados, mas afirma que foram elaborados pela equipe de comunicação do candidato a vice.

O site O Antagonista publicou nota na quarta-feira (12) dizendo que o vice de Jair Bolsonaro (PSL) anda com uma pasta com informações para serem usadas contra adversários no segundo turno. Esses dados teriam sido levantados pelos militares, segundo o site.

"O General Hamilton Mourão, assim como todo e qualquer candidato bem preparado para as eleições, dispõe de análises SWOT's [sigla em inglês para análise que avalia pontos fortes, fracos, oportunidades e ameaças] dos concorrentes ao pleito à Presidência e para a vice-Presidência. Tal conteúdo foi todo elaborado após pesquisas de sua equipe de comunicação e, não, por meio de dados de inteligência militar", diz a nota.

Colunas

Contraponto