23h : 54min

Conheça o
Caderno + DL

Ler

Assine o Jornal por R$8
por mês no plano atual

AssineLer Jornal

Moro discute no Senado proposta de abuso de autoridade

Ao lado do presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL), o magistrado fez sugestões ao projeto, defendido pelo próprio peemedebista

Comentar
Compartilhar
01 DEZ 2016Por Folhapress13h30
Moro discute no Senado proposta de abuso de autoridadeFoto: Divulgação

O juiz Sergio Moro foi ao Senado nesta quinta-feira (1º) para debater uma proposta de abuso de autoridade.

Ao lado do presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL), o magistrado fez sugestões ao projeto, defendido pelo próprio peemedebista.

Moro tem demonstrado preocupação as tentativas do Congresso de aprovar propostas de abuso de autoridade.

Na madrugada de quarta (30), a Câmara aprovou o pacote anticorrupção do Ministério Público com um trecho que trata justamente disso.

Na noite de quarta, Renan protagonizou uma polêmica ao colocar em votação um requerimento de urgência que visava a apreciação dessas propostas naquela mesma sessão.

Ao abrir a sessão desta quinta, Renan fez um longo discurso em defesa da proposta. Ele começou sua fala dirigindo-se diretamente a Moro.

"A minha segunda palavra, excelentíssimo juiz Sergio Moro, é de reflexão. O consenso supera o confronto.

A concórdia prevalece sobre o dissenso. A compreensão e o entendimento afastam a discórdia. As soluções negociadas para as divergências são sempre possíveis, por mais distantes que possam parecer", afirmou.

O senador negou que o projeto tenha qualquer intenção de "intimidação de autoridades no exercício regular de suas funções". "Tenha-se a santa paciência. Não se pune a autoridade, mas o abuso exatamente para garantir a autoridade. O projeto ainda é ameno, bastante ameno", completou.

Colunas

Contraponto

Construtora CredLar