Justiça decreta bloqueio de bens e valores da família Batista, da JBS

As autoridades seguirão acompanhando a situação por meio das embaixadas na Costa Rica, em Honduras e na Nicarágua

Comentar
Compartilhar
06 OUT 2017Por Agência Brasil19h00
Os irmãos Joesley e Wesley Batista atualmente estão presos na sede da Polícia Federal em São Paulo, na zona oeste da capital paulistaFoto: Rovena Rosa/Agência Brasil

A Justiça Federal decretou o bloqueio de bens e valores de toda a família Batista, da JBS - grupo que mergulhou o governo Michel Temer em sua pior crise política. A

decisão foi tomada pelo juiz Ricardo Leite, da 10ª Vara Federal de Brasília, na Operação Bullish - investigação sobre suposto favorecimento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) às empresas da família Batista.

O confisco ordenado por Ricardo Leite alcança cerca de 20 empresas do grupo e pessoas físicas, inclusive seus principais acionistas, os irmãos Joesley e Wesley Batista, atualmente presos na sede da Polícia Federal em São Paulo, na zona oeste da capital paulista.

 

Colunas

Contraponto