Promo DL

Batochio deixa defesa de Lula em casos que envolvem Palocci

Ele tomou a decisão depois que Palocci escancarou a intenção de delatar o ex-presidente, em depoimento prestado ao juiz Sergio Moro na semana passada

Comentar
Compartilhar
11 SET 2017Por Folhapress21h30
Batochio deixa defesa de Lula em casos que envolvem PalocciFoto: Valter Campanato/Agência Brasil

O advogado José Roberto Batochio deixou a defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em processos em que o petista possa ser acusado pelo ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci.

Ele tomou a decisão depois que Palocci escancarou a intenção de delatar o ex-presidente, em depoimento prestado ao juiz Sergio Moro na semana passada.

Batochio advogou para Palocci por mais de dez anos e deixou o ex-ministro depois que ele tomou a decisão e colaborar com a Justiça.

"Não posso, por razões éticas, estar em casos em que ambos sejam acionados e se encontrem em posições antagônicas", diz o advogado. "Fui defensor do Palocci por uma década. Nessa condição, recebi dele confidências personalíssimas. Não posso atacar alguém que já foi meu cliente", finaliza Batochio.

Colunas

Contraponto