Santos

'As provas que apresentei já foram periciadas', diz jornalista que denunciou Eduardo Bolsonaro

Em um vídeo publicado em seu Facebook, a jornalista Patrícia Lélis, que denunciou Eduardo Bolsonaro à Procuradoria Geral da República (PGR), disse que ele 'está fazendo um showzinho, pois as provas apresentadas já foram periciadas'.

Comentar
Compartilhar
15 ABR 2018Por Da Reportagem21h10
A jornalista Patrícia Lélis é ex-namorada de Eduardo Bolsonaro.Foto: Facebook/Arquivo Pessoal

'Eduardo, você não é imune à justiça e não vai adiantar fazer birra na internet, me chamar de louca, puta etc'. A jornalista Patrícia Lélis fez uma denúncia de ameaça contra o filho de Jair Bolsonaro, Eduardo Bolsonaro. Tudo foi registrado por uma câmera enquanto Lélis conversava com Eduardo num aplicativo de mensagens instantâneas.

No vídeo publicado pela jornalista em seu Facebook, é possível ver a foto de Eduardo, seu número de telefone e a conversa com ela, que transcorre com tons de ameaça e também xingamentos. "Vou acabar com a sua vida; você merecia ter apanhado mais; vagabunda; a justiça não vai acreditar em você, nunca acredita, pois somos mais fortes".

Eduardo Bolsonaro se defendeu nas redes sociais dizendo que as provas apresentadas por Lélis não são reais e que ela é uma pessoa que tem transtornos. Hoje, a jornalista fez um novo vídeo, rebatendo o deputado federal.

"Você pode me chamar do que quiser, mas para um cara que se diz estudado, você não sabe que a PGR (Procuradoria Geral da República) só aceitou a denúncia porque ela já periciou as provas? O Ministério Público já periciou tudo, Eduardo. A justiça te pegou, logo você, que se achava acima da justiça, o dono da razão. Pode pedir mais perícias, pois em todas você vai se ferrar. Para com esse showzinho que isso não é perseguição política não, é contra você mesmo", finalizou.

Patrícia Lélis já foi namorada de Eduardo Bolsonaro e diz que 'sobreviveu para contar a história'.

Colunas

Contraponto