Entrada da Cidade

Polícia Civil divulga imagens de professora deixando academia antes de desaparecer

Karla Rafaella de Lima Oliveira, de 27 anos, deixou bilhete sobre mudança, saiu do local sozinha e a hipótese de que seja vítima de crime perde força

Comentar
Compartilhar
08 JAN 2019Por Gilmar Alves Jr.17h15
Imagem de monitoramento divulgada nesta terça-feira (8) pela Polícia CivilFoto: Reprodução

A Polícia Civil divulgou na tarde desta terça-feira (8) imagens de monitoramento que mostram a professora de educação física Karla Rafaella de Lima Oliveira, de 27 anos, deixando a academia onde trabalhava, em Guarujá, sozinha antes de desaparecer, na noite de sexta-feira (4).

Karla deixou um bilhete anunciando que se mudaria de cidade e a hipótese de que ela seja vítima de um crime perdeu força.

"Estou com alguns problemas pessoais e estou indo embora do Guarujá", escreveu a professora ao justificar que não voltaria mais à academia, em Morrinhos.

Karla não levou o celular e afirmou que por isso deixou o bilhete. "Como irei ficar sem comunicação peguei os R$ 160,00 que recebi de mensalidade como pagamento por esses dias. Obrigado pela confiança e oportunidade. Mil desculpas pelo transtorno", afirmou Karla no bilhete.

A equipe do delegado Luiz Ricardo de Lara Dias Júnior, titular da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Santos, e do investigador-chefe, Paulo Carvalhal, segue buscando imagens de monitoramento para tentar obter pistas sobre o paradeiro de Karla.

O marido de Karla, Esteves Tamayosi de Oliveira, de 31 anos, diz que levou o celular para a mulher na noite de sexta, mas afirma que ela não quis ficar com o aparelho.

Informações que ajudem nas investigações podem ser transmitidas pelo telefone 181 (Disque-Denúncia). Não é necessário se identificar.

Quem tiver informações que ajudem nas investigações pode ligar para o Disque-Denúncia (181). Não é necessário se identificar (Foto: Reprodução/Facebook)

Colunas

Contraponto