Pref 13 e 14

PM e mais três homens ficam feridos em tiroteio na ZN

PMs foram à região do Caminho da Capela, onde foram alvos de uma emboscada de atiradores

Comentar
Compartilhar
19 JUN 2017Por Gilmar Alves Jr.11h30

Um policial militar em serviço e mais três  homens foram baleados, na manhã de ontem, durante um tiroteio iniciado por um grupo de criminosos na região do Caminho Capela, onde ocorria um baile funk a céu aberto. Os atiradores conseguiram escapar. 

Uma denúncia anônima que não se confirmou levou policiais militares ao local, por volta das 7h30. As informações indicavam que cerca de 10 criminosos iriam linchar ou sequestrar um policial militar à paisana  que estava em um carro esportivo branco e seria retirado do automóvel. 

Segundo o setor de comunicação social da PM na Baixada Santista, os policiais desembarcaram na Rua Ambrosina Amélia Calde e foram recepcionados por vários criminosos que passaram a atirar contra os patrulheiros. No confronto, um dos policiais que se abrigava atrás de um poste foi alvejado no braço direito. 
Simultaneamente, ainda conforme a PM, os atiradores dispararam contra uma outra equipe de policiais naquela região, perfurando cinco vezes a viatura. Estes PMs não ficaram feridos. 

“Os policiais tiveram dificuldade em revidar a injusta agressão, visto que no local da emboscada havia um baile funk e os atiradores se misturam a populares”, informou o comando da PM. 

Ferimentos

O tiro transfixou o braço do policial e não lesionou a parte óssea, segundo a PM. Ele foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA). 

Na Santa Casa de Santos, deram entrada dois homens que estavam no baile funk: um atingido na tíbia e outro no fêmur. Eles seguem internados e não correm risco de morte. 

O terceiro frequentador ferido, atingido de raspão na região das nádegas, buscou socorro no Pronto-Socorro da Zona Noroeste, onde foi medicado e liberado. 

Investigação

O caso foi registrado na Central de Polícia Judiciária (CPJ). A investigação sobre os autores dos disparos deverá ficar a cargo do 5º Distrito Policial (Bom Retiro). 

O comando da PM informou que “seguirá intensificação de operações naquela área crítica, ­principalmente pelo 2º Batalhão de Ações Especiais de Polícia (2º Baep)”.

Colunas

Contraponto