00h : 02min

Conheça o
Caderno + DL

Ler

Assine o Jornal por R$8
por mês no plano atual

AssineLer Jornal

Ouça diálogo entre Temer e dono da JBS; presidente diz que não renuncia

Executivo da JBS gravou presidente no dia 7 de março em diálogo sobre Cunha; Fachin negou prisão de Aécio, que se licenciou da presidência do PSDB

Comentar
Compartilhar
18 MAI 2017Por Estadão Conteúdo20h09
O STF divulgou o áudio do diálogo entre o presidente Michel Temer e Joesley BatistaFoto: Agência Brasil

O STF divulgou o áudio do diálogo entre o presidente Michel Temer e Joesley Batista, um dos donos da JBS. A divulgação aconteceu logo depois de Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo, retirar o sigilo da delação premiada dos executivos da empresa.  

Um pouco antes, o presidente Michel Temer, em pronunciamento à nação, disse que não renunciará e que não comprou o silêncio de ninguém. Ele pediu investigações rápidas.

Durante a manhã, Fachin negou o pedido de prisão do senador Aécio Neves, mas o afastou do cargo. A irmã e o primo do tucano foram presos durante operação do PF. Aécio se licenciou da presidência do PSDB e Tasso Jereissati assumiu o posto. Aécio pediu R$ 2 milhões para executivo da JBS para bancar a sua defesa na Lava Jato - e as conversas foram intermediadas por Andrea Neves, a irmã do tucano.  

Em dia de forte tensão nos mercados, a Bolsa fechou em queda de 8,8%, aos 61.597 pontos. Já o dólar disparou 8,04% e fechou a sessão cotado a R$ 3,38.

Colunas

Contraponto