13h : 46min

Assine o Diário e o Santista por R$8 por mês no plano atual

Motorista do Uber é preso em ação contra o tráfico na Encruzilhada

Trinta e cinco quilos de maconha foram apreendidos por policiais civis; outros dois homens foram presos na ação

Comentar
Compartilhar
07 JUN 2017Por Gilmar Alves Jr.21h28
Maconha era distribuída a traficantes em um prédio na Rua Carvalho de Mendonça, conforme apuraram os investigadoresFoto: Divulgação/Polícia Civil

Uma ação da Polícia Civil resultou na apreensão de 35 quilos de maconha e na prisão de três homens por tráfico, dentre eles um motorista do aplicativo Uber, na tarde de terça-feira (6), em Santos. O Fox que era usado para transporte de passageiros foi apreendido na ação, no bairro Encruzilhada.

A ação foi deflagrada por policiais da Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes (Dise) após uma denúncia ter indicado armazenamento de grande quantidade de drogas em um apartamento na Rua Carvalho de Mendonça. A denúncia também indicou que o responsável pelo imóvel entregava sacolas contendo drogas para outros traficantes em horário comercial, para não despertar atenção de policiais.

Em viatura descaracterizada, policiais da delegacia especializada realizaram uma campana próximo ao imóvel e flagraram, por volta das 16h30, o homem denunciado aparecendo na janela e, depois, o motorista do Uber e um outro homem entrando no prédio. Quando os dois deixaram o prédio foram abordados pelos investigadores, que apreenderam dois tijolos de maconha.

Os investigadores subiram até o apartamento e pediram a abertura da porta. Diante da recusa, houve arrombamento para o prosseguimento da diligência.

No imóvel foram apreendidos 35 tijolos de maconha, pequenas porções da droga, um revólver de calibre 38 e diversos utensílios relacionados ao tráfico, como balança de precisão, seis facas, canivete e uma tesoura. Um caderno com anotações de valores também foi apreendido e será analisado no prosseguimento da investigação.

Após o flagrante ser registrado na Dise pelo delegado Francisco Garrido Fernandes, os três acusados foram recolhidos à cadeia anexa ao 5º Distrito Policial (Bom Retiro).

Sob o comando de Garrido, participaram do flagrante os policiais Paulo Álvaro Ribeiro (investigador-chefe), Marcos Pina e Lindolfo Santa Rosa.

Uber. Procurada pelo Diário do Litoral, a empresa não se manifestou até a noite desta quarta-feira sobre a prisão do motorista e apreensão do carro usado para o transporte via aplicativo.

Colunas

Contraponto