08h : 43min

Conheça o
Caderno + DL

Ler

Assine o Jornal por R$8
por mês no plano atual

AssineLer Jornal

Ladrão é preso após ser reconhecido dentro de ônibus em Santos

Ex-detento, Antônio da Silva Gonçalves, de 34 anos, agia principalmente em farmácias; ele foi reconhecido por 12 vítimas em distrito policial

Comentar
Compartilhar
07 OUT 2016Por Gilmar Alves Jr.20h16
Gonçalves agindo em uma farmácia no mês de setembroFoto: Reprodução

O ex-detento Antônio da Silva Gonçalves, de 34 anos, foi preso nesta sexta-feira (7) sob a acusação de cometer diversos assaltos a estabelecimentos comerciais, principalmente farmácias, em Santos.

Gonçalves estava dentro de um ônibus na Avenida Pinheiro Machado (Canal 1) quando foi reconhecido por um passageiro, que já tinha visto a imagem dele na imprensa em reprodução vídeo de monitoramento durante um assalto.

A Polícia Militar foi acionada por telefone pelo passageiro e realizou a prisão ainda dentro do coletivo. Gonçalves portava um revólver de calibre 38 que estava sem tambor.

O homem foi levado ao 2º Distrito Policial de Santos (Jabaquara), onde a equipe do delegado Carlos Henrique Fogolin de Souza e do investigador Alexandre Ventura convocou vítimas para reconhecimento.

Segundo Ventura, 12 vítimas reconheceram o acusado, que admite os delitos. Além de Fogolin e Ventura, participaram dos trabalhos os policiais Higa, Camargo, Cleiton e Maurício.

Conforme verificaram os policiais, Gonçalves deixou a cadeia em 11 de novembro de 2015. Ele tem diversos antecedentes por roubo.

Segundo a polícia, o acusado ainda não tem advogado.

Preventiva

O delegado Fogolin pediu a prisão temporária de Gonçalves à Justiça, que decidiu pela preventiva acatando manifestação do Ministério Público (MP).

“O crime descrito na denúncia é extremamente grave, causando desassosego e pânico nos meios sociais, pois foi praticado mediante ameaça exercida com emprego de arma de fogo”, escreveu a juíza Elizabeth Lopes de Freitas, da 4ª Vara Criminal de Santos.

Elizabeth ressaltou que a presença do acusado em audiência é imprescindível para viabilizar reconhecimentos.

Eventuais outras vítimas do assaltante podem procurar o 2º DP de Santos de segunda a sexta. O número do telefone é 3234-6901.

Colunas

Contraponto

Construtora CredLar