Banner Sabesp

Dupla presa por roubo em PG é reconhecida por mais um caso

Vítima foi convocada para olhar fotografias dos acusados na Delegacia Sede e os reconheceu

Comentar
Compartilhar
21 NOV 2017Por Gilmar Alves Jr.16h47
Sistema de monitoramento captou a dupla agindo na Vila Tupi em 26 de outubroFoto: Reprodução

Presos desde o dia 15 devido a um flagrante de roubo a pedestres e tentativa de homicídio contra guardas civis municipais em Praia Grande, David dos Santos Silva e Wesley Vitor da Silva, de 18 anos, foram reconhecidos por mais um caso de assalto, segundo a Polícia Civil.

Após a prisão em flagrante feita pela Guarda e pela PM, a equipe do delegado Carlos Henrique Fogolin de Souza, titular de Praia Grande, e do investigador-chefe, Alexandre Ventura, iniciou um levantamento de vítimas e convocou um morador da Vila Tupi assaltado em 26 de outubro.

Ao visualizar fotografias, a vítima, de 52 anos, não teve dúvida em apontar David e Wesley como os assaltantes que o renderam. Mediante graves ameaças com arma de fogo, a dupla roubou o celular, a corrente de ouro e duas chaves de veículos no momento em que a vítima e um outro homem guardavam móveis dentro de casa. O crime foi captado por câmera de monitoramento e as imagens são usadas como prova pela Polícia Civil.

David, segundo o homem assaltado, chegou a entrar na casa, mas foi convencido por ele a sair. A dupla fugiu em um carro.

Além de Fogolin e de Ventura, participaram da investigação os policiais Alex e Ricardo.

Segundo Ventura, a investigação prossegue objetivando identificar mais vítimas da dupla. “Eles andavam de carro ou moto. Se surgisse uma oportunidade faziam um roubo”, declarou Ventura.

 

 

Colunas

Contraponto