Santos Vacinação 2

Paulo Alexandre Barbosa discute ampliação da USP em Santos

Em São Paulo, Barbosa conversou sobre as ações que devem ser desenvolvidas com o apoio da Prefeitura para ampliar a presença da USP na Cidade.

Comentar
Compartilhar
08 NOV 201210h22

O deputado estadual e prefeito eleito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa (PSDB), se reuniu nesta semana com o reitor da USP, João Grandino Rodas, e o secretário estadual em exercício de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Luiz Carlos Quadrelli.  Desde outubro, após a confirmação da vitória em 1º turno das eleições municipais, o prefeito eleito já realizou uma série de encontros com representantes dos governos estadual e federal para discutir projetos para a cidade.

No encontro com Grandino e Quadrellli, realizado em São Paulo, Barbosa conversou sobre as ações que devem ser desenvolvidas com o apoio da Prefeitura para ampliar a presença da USP na Cidade. Para 2013, o campus local já vai contar com 50 vagas para o curso de Engenharia de Petróleo. O vestibular será realizado pela Fuvest neste mês (1ª fase) e em janeiro (2ª fase).
 
Com o aval Reitoria da USP e do Governo do Estado, o prefeito eleito quer viabilizar novos cursos da universidade em Santos para atender a demanda e a vocação da região. “É mais uma etapa desse processo iniciado em 2011. O mais importante é que existe o interesse comum em garantir o sucesso dessas ações, que já começam a refletir na economia e melhoria da qualidade de vida”, disse Barbosa.   
 
 Verba assegurada - A USP tem reservado R$ 100 milhões para a construção do campus no terreno onde funcionou a antiga garagem de bondes, na Vila Mathias. O projeto é considerado prioridade para Barbosa, que foi um dos interlocutores para trazer o campus para a cidade.
 
O prefeito eleito quer viabilizar novos cursos da universidade em Santos para atender a demanda e a vocação da Região (Foto: Matheus Tagé/DL)
 
“Foi uma conquista histórica. A presença na região abre inúmeras possibilidades que vão além da oferta de cursos, como a realização de pesquisas por universidade que hoje é uma das melhores do mundo. A Baixada Santista tem muito a ganhar com um campus moderno e diversificado da USP na região”.  
 
Cesário Bastos - A USP em Santos está instalada na antiga Escola Cesário Bastos, no bairro de Vila Mathias. Projetado por Ramos de Azevedo, o imóvel é tombado pelos órgãos de preservação do patrimônio. Inicialmente, a USP ocupa o segundo andar do prédio onde acomoda a primeira turma de Engenharia de Petróleo.
 
Nessa etapa, foram realizadas adaptações das salas para que as aulas pudessem ter início e o currículo acadêmico fosse plenamente atendido. A USP instalou laboratório de informática para atender aos alunos e monitorias, biblioteca equipada para atender ao início do curso, sala de administração e sala comum para os professores.

Diário da Copa

RUSSIA 2018
Faltam
dias para a Copa

Colunas

Contraponto