Santos Vacinação

Acusado de tentar matar agente penitenciário é reconhecido em Praia Grande

O agente foi baleado durante um assalto em 18 de novembro, em São Vicente

Comentar
Compartilhar
15 DEZ 2017Por Da Reportagem17h56
Autoria do caso foi esclarecida por policiais da Delegacia Sede de Praia Grande

Policiais da Delegacia Sede de Praia Grande identificaram um rapaz acusado de tentar matar um agente penitenciário durante assalto em São Vicente. O rapaz, de 18 anos, foi preso pela Polícia Militar em flagrante por tráfico de drogas no último dia 6, em Praia Grande, e dois dias depois foi reconhecido pela vítima, por foto, nas dependências da Delegacia Sede.

De acordo com a Polícia Civil, o agente não teve dúvidas ao reconhecer o rapaz que o baleou, em 18 de novembro deste ano. Sob o comando do delegado Carlos Henrique Fogolin de Souza, titular de Praia Grande, e do investigador Alexandre Ventura, participaram do esclarecimento do caso os policiais Alex Brancolin Silva e José Ricardo Silva.

Após a identificação formal do acusado, o auto de reconhecimento foi encaminhado para o 2º Distrito Policial de São Vicente (Cidade Náutica), que conduz o inquérito. Um segundo envolvido no crime ainda é alvo de buscas.

O crime

O agente conduzia seu carro pela Rua Mascarenhas de Moraes, na Vila Margarida, quando teve a passagem obstruída pelos dois assaltantes no início da manhã.

A dupla invadiu o carro e o acusado de 18 anos se apoderou da arma da vítima. O carro ficou desgovernado e o rapaz decidiu atirar contra o agente. Os bandidos fugiram a pé levando o celular do homem. Mesmo ferido,  ele dirigiu até o Hospital Municipal, onde foi atendido e liberado na mesma data. 

Diário da Copa

RUSSIA 2018
Faltam
dias para a Copa

Colunas

Contraponto