Diário do Litoral
Santos, 12 de fevereiro de 201607:36
Especiais

Notícias

04 de fevereiro de 2013 11:52h

Programa Praia Acessível tem programação especial para o carnaval

Pessoas com deficiência poderão tomar banho de mar com cadeiras anfíbias localizadas em Santos, Bertioga, Guarujá, Mongaguá e Itanhaém.

O programa Praia Acessível conta com programação especial até dia 12 de fevereiro. Os municípios de Santos, Bertioga Guarujá, Mongaguá e São Vicente contarão com cadeiras anfíbias, idealizadas para facilitar o banho de mar de pessoas com deficiência. Em Santos, o programa está localizado na Praia do Canal 3. Em Bertioga fica na Praia do Sesc e na Praia do Forte. Já em Guarujá, Mongaguá, São Vicente e Itanhaém, as cadeiras anfíbias estão na Praia de Pintagueiras, Praia do Centro, Itararé e Praia do Sonho respectivamente. O programa é uma iniciativa da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência e das prefeituras dos municípios, que têm o objetivo de incentivar e promover a inclusão das pessoas com deficiência nas praias.

Até o final do carnaval,  das 10h às 17h, o programa funcionará em Santos de quinta-feira a domingo.  Na cidade de Bertioga, pessoas com deficiência poderão tomar banho de mar diariamente e no Guarujá e Itanhaém de quinta a domingo. Já em Mongaguá e São Vicente, as cadeiras anfíbias ficarão disponíveis aos finais de semana. Após a data, o programa continuará em todas as praias aos finais de semana no mesmo horário.

Lançado em 2010, o programa consiste em oferecer equipamentos e tecnologia para que pessoas com deficiência possam usufruir da praia e do banho de mar com segurança e dignidade. A Secretaria é responsável pelo fornecimento das cadeiras, já a prefeitura, pelas equipes de suporte do programa.

As cadeiras anfíbias são feitas com um tipo de pneu que promove prontidão durante a locomoção na areia, além de não afundar dentro da água. Devido à sua altura, é possível o usuário entrar na água em uma profundidade não perigosa. Existe facilidade na transferência para a cadeira, que possui braços removíveis.

O programa Praia acessível já beneficiou mais 25 mil pessoas com deficiência e pode ser utilizado por moradores ou visitantes da região. A iniciativa acontece também nos municípios de Caraguatatuba, Ilhabela e São Sebastião.

As cadeiras anfíbias são feitas com um tipo de pneu que promove prontidão durante a locomoção na areia, além de não afundar dentro da água (Foto: Divulgação)

Para ler mais notícias, curta a página do Diário do Litoral no Facebook, siga nosso Twitter ou adicione ao Google+

imprimirenviar por e-mail

Enviar e-mail






Leia também:

São Paulo registra queda de 21,4% no número de mortes no trânsito, aponta CET

Validade de receita para retirar remédios do Farmácia Popular sobe para 180 dias

Convênio é criado para desenvolver estudos na Baixada Santista

Capital paulista tem 528 casos de dengue este ano

Estudo confirma relação de zika com casos de microcefalia

comentáriosComentários

Para poder comentar, você precisa estar logado.

Ou então, clique no botão abaixo para se cadastrar.

Cadastre-se

termos de uso