Diário do Litoral
Santos, 06 de fevereiro de 201613:18
Especiais

Notícias

20 de fevereiro de 2013 10:24h

Indústria fecha 1.500 empregos

Índice do nível de emprego mensal e do acumulado de 12 meses foi divulgado ontem pelo CIESP

A indústria que já foi um dos maiores polos geradores de emprego na Região Metropolitana da Baixada Santista fechou 1.500 postos de trabalho nos últimos 12 meses, o equivalente a – 10,13%. Os números foram divulgados ontem pelo CIESP, através da pesquisa mensal do índice de nível de emprego. A perda está concentrada na região da Diretoria Regional do CIESP que compreende as cidades de Cubatão, Guarujá e Bertioga.

O índice mais recente, de janeiro, aponta uma perda de aproximadamente 50 postos de trabalho no mês, uma variação de - 0,56%.

Setores

Segundo a pesquisa, o índice da Diretoria Regional do CIESP em Cubatão foi influenciado pelas variações negativas dos setores de Produtos de Metal exceto Máquinas e Equipamentos (-1,79%), Produtos Químicos (-1,30%), Metalurgia (-0,83%) e Coque, Petróleo e Biocombustíveis (-0,17%) que são os setores que mais influencia o cálculo do índice total na Região.

Já na região industrial de Santos, composta pelos municípios de Santos, São Vicente, Praia Grande, Mongaguá, Itanhaém e Peruíbe, o resultado negativo no mês de janeiro foi de – 0,26%, o que significou uma redução de aproximadamente 20 postos de trabalho.

Setores afetados - Produtos de metal, químicos e metalurgia são alguns dos principais (Foto: Matheus Tagé/ DL)

50 vagas abertas em um ano

No acumulado de 12 meses, foram geradas apenas  50 vagas, que correspondem a um adicional de 0,75% na força de trabalho industrial.

O índice do nível de emprego industrial da Diretoria Regional do CIESP em Santos foi influenciado pelas variações negativas dos setores de Produtos Químicos (-3,68%), Confecção de Artigos do Vestuário e Acessórios (-1,75%), Produtos Alimentícios (-1,26%), Máquinas e Equipamentos (-0,95%) e Impressão e Reprodução de Gravações (-0,67%), que mais influenciam o cálculo do índice.

Para ler mais notícias, curta a página do Diário do Litoral no Facebook, siga nosso Twitter ou adicione ao Google+

imprimirenviar por e-mail

Enviar e-mail






Leia também:

Desemprego nas metrópoles tem maior taxa desde 2009

Construção brasileira fecha 483 mil postos de trabalho em 2015

Taxa de desemprego na Grande São Paulo mantém relativa estabilidade, diz Dieese

Desemprego impulsiona procura por ‘bicos’ pelo País

Emprego na indústria recua 0,4% em novembro e alcança 11ª queda consecutiva

comentáriosComentários

Para poder comentar, você precisa estar logado.

Ou então, clique no botão abaixo para se cadastrar.

Cadastre-se

termos de uso