Reparos prosseguem em vias públicas de Santos em razão das chuvas

Equipes atuaram em vários pontos de alagamento com limpeza de bocas de lobo e de galerias, em função da quantidade de lama proveniente das encostas dos morros

8 MAR 2018 • 22h01
Trabalho de reparo foi realizado em diversas vias públicas - Divulgação/PMS

Devido às chuvas que atingiram a Cidade desde a tarde de quarta-feira (7), a Secretaria de Serviços Públicos (Seserp) deu continuidade aos trabalhos de reparos em diversas vias públicas. Equipes atuaram em vários pontos de alagamento com limpeza de bocas de lobo e de galerias, em função da quantidade de lama proveniente das encostas dos morros.

Os trabalhos foram focados na Rua Tiro Naval (Centro), Caminho São Jorge e Sebastião Brasil de Castro Rios (Caneleira) e Av. Santista (Morro da Nova Cintra). Também foi feita limpeza das caixas de sopé na Av. Rangel Pestana, próximo ao CT do Santos; Rua Marechal Carmona (Jabaquara); e Silva Jardim com Emílio Ribas (Vila Mathias).

Funcionários também atuaram na raspação da Rua Teodoro Sampaio com Rangel Pestana (Jabaquara); Rua Tiro Naval e Av. Senador Feijó (Centro); Caminho São Jorge e Rua Sebastião Brasil de Castro Rios (Caneleira); e Rua Cipriano Barata com Rua da Liberdade (Estuário) – esta última também recebeu capinação.

Os serviços incluíram limpeza de comporta do canal da Avenida Jovino de Melo e limpeza manual do canal da Av. Haroldo de Camargo, na Zona Noroeste. E ainda: desassoreamento da caixa de sopé e do canal da Rua Santa Catarina (José Menino); limpeza das caixas de sopé da Rua 4 (Morro da Nova Cintra); limpeza de boca de lobo nas proximidades do Largo São Bento (Morro do São Bento); e limpeza e desassoreamento da caixa de areia da Rua Dr. Euclides de Campos (Morro do José Menino).

Defesa Civil

A Defesa Civil monitora e faz vistoria preventiva nas áreas de risco. Os morros permanecem em estado de atenção na tarde desta quinta (8). O acumulado das últimas 72 horas é de 155,4 mm - o histórico de março tem média de 299,89 mm (últimos 25 anos). Foram registradas 11 ocorrências, sem vítimas, entre esta quarta e quinta-feira (até as 9h), entre as quais, cinco escorregamentos com queda de bloco e poste na Caneleira, José Menino, morros Santa Maria e da Penha, e Vila Progresso; um incêndio na Pompeia; uma queda de barraco na Vila Progresso; uma queda de árvore na Nova Cintra; e três vistorias estruturais no Gonzaga, morros São Bento e da Penha.