Guarda Costeira de PG localiza barco roubado por piratas em Cubatão

Embarcação estava abandonada no meio do mangue no Portinho

8 MAR 2018 • 20h50

A Guarda Costeira de Praia Grande, que integra a Guarda Civil Municipal (GCM), localizou, na manhã de quarta-feira (7), um barco que havia sido roubado na noite de segunda-feira (5) no Canal de Piaçaguera, em Cubatão.

De acordo com o inspetor Delfo Monsalvo, no início da manhã, um pescador viu a embarcação encalhada próximo a uma área de mangue na Área de Lazer Ézio D’Alácqua, o Portinho, e acionou o Corpo de Bombeiros, que comunicou a equipe da Costeira que estava de plantão.

Por conhecer bem a área, uma equipe da Guarda Costeira se dirigiu ao local e realizou buscas, encontrando o bote inflável que estava sem volante e sem motor de popa. Dentro do bote havia três coletes salva-vidas.

Sem ter conhecimento do roubo que havia ocorrido dias antes, a equipe seguiu as orientações da Marinha e acionou a Capitania dos Postos, que ficou encarregada de levantar os dados da embarcação, constatando posteriormente que se tratava do mesmo barco que havia sido roubado na noite de segunda-feira por “piratas” em uma área portuária localizada na Cidade de Cubatão.

O inspetor afirmou que ocorrências deste tipo não são comuns e que o procedimento adotado é de sempre acionar a Marinha. “Não sabemos exatamente qual era a intenção dos criminosos ao abandonar o barco naquele local. Mas certamente auxiliamos na investigação do caso”.

Em Praia Grande, a Guarda Costeira é responsável pela fiscalização de embarcações de passeio na área marítima e também pela preservação de espécies da fauna e flora marinhas. Denúncias sobre pesca predatória, condução perigosa de embarcações ou outras infrações que envolvam a área marítima da Cidade podem ser feitas pelos telefones 199 e 153.