07h : 41min

Conheça o
Caderno + DL

Ler

Assine o Jornal por R$8
por mês no plano atual

AssineLer Jornal

Papa Francisco condena ataque a bomba em igreja copta no Egito

O ataque na cidade egípcia de Tanta matou 25 pessoas e feriu outras 71, de acordo com autoridades do governo egípcio

Comentar
Compartilhar
09 ABR 2017Por Estadão Conteúdo16h00
O Papa Francisco condenou um ataque a bomba contra uma igreja copta no Egito durante as celebrações do Domingo de RamosFoto: Divulgação

O Papa Francisco condenou um ataque a bomba contra uma igreja copta no Egito durante as celebrações do Domingo de Ramos, poucas semanas antes de sua visita ao Cairo. O ataque na cidade egípcia de Tanta matou 25 pessoas e feriu outras 71, de acordo com autoridades do governo egípcio.

O pontífice expressou "profundas condolências" ao papa Tawadros II, patriarca da Igreja copta, à Igreja copta e a "toda a querida nação egípcia" e disse que está rezando pelos mortos e feridos no ataque ocorrido horas antes, quando o próprio Papa Francisco estava celebrando o Domingo de Ramos na Praça de São Pedro.

O pontífice pediu a Deus que "converta os corações dos que espalham terror, violência e morte e também os corações daqueles que produzem e traficam armas". As observações do Papa sobre o ataque foram feitas depois de ele lembrar as vítimas do ataque de Estocolmo na sexta-feira.

As celebrações do Domingo de Ramos na Praça de São Pedro foram realizadas sob forte esquema de segurança, com ruas em torno da praça bloqueadas para tráfego e revistas dos fiéis que entravam no local.

Em sua homilia, o Papa lembrou o sofrimento no mundo de hoje, citando aqueles que "sofrem com trabalho escravo, tragédias familiares, doenças... Eles sofrem com guerras e terrorismo, de interesses armados e prontos para atacar". Depois de sua tradicional bênção de domingo, o Papa circulou pela praça no papamóvel para cumprimentar os fiéis.

Colunas

Contraponto