Banner Codevida

EUA vão receber mais 'pacotes de presente', diz Coreia do Norte

O presidente dos EUA, Donald Trump, afirmou que autorizou a venda de equipamentos militares 'altamente sofisticados' ao Japão e à Coreia do Sul

Comentar
Compartilhar
05 SET 2017Por Folhapress20h01
Han Tae Song é o embaixador da Coreia do Norte na Organização das Nações Unidas em GenebraFoto: Associated Press

A Coreia do Norte afirmou nesta terça-feira (5) que endereçou recentemente um "pacote de presente" aos Estados Unidos, e que mais virão em seguida. O embaixador da Coreia do Norte na Organização das Nações Unidas em Genebra, Han Tae Song, fez a declaração em pronunciamento à Conferência do Desarmamento, promovida pela ONU, dois dias depois que seu país conduziu seu sexto e maior teste nuclear até o momento.

"As recentes medidas de autodefesa do meu país são pacotes de presente endereçados a ninguém mais que os EUA", disse Han ao fórum.

"Os Estados Unidos continuarão a receber mais pacotes de presente do meu país enquanto continuarem recorrendo a provocações imprudentes e tentativas fúteis de colocar pressão na Coreia do Norte", afirmou o embaixador.

Diante da grande tensão com a Coreia do Norte, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou em suas redes sociais também nesta terça que autorizou a venda de equipamentos militares "altamente sofisticados" ao Japão e à Coreia do Sul. Ele não especificou quais seriam as armas.

A ameaça norte-coreana também pode levar Tóquio a fabricar uma bomba atômica. O país oficialmente rejeita ter capacidade nuclear, mas, com os testes norte-coreanos, o assunto continua em pauta no país.

Nesta segunda (4), embaixadora dos EUA na ONU, Nikki Haley, afirmou que a Coreia do Norte está "implorando por guerra" e pediu sanções mais duras contra Pyongyang.

Colunas

Contraponto