11h : 33min

Conheça o
Caderno + DL

Ler

Assine o Jornal por R$8
por mês no plano atual

AssineLer Jornal

Aonde você quer chegar?

A rotina diária nos consome e, quando paramos pra pensar, simplesmente estamos desencorajados para seguir qualquer caminho que seja.

Comentar
Compartilhar
11 DEZ 2016Por Da Reportagem14h00
Foto: Divulgação

No famoso filme “Alice no País das Maravilhas”, encontramos o seguinte diálogo:
 “Poderia me dizer, por favor, que caminho devo tomar para sair daqui?”, perguntou Alice
“Isso depende bastante de onde você quer chegar”, disse o Gato.
“O lugar não importa muito…”, disse Alice.
“Então não importa o caminho que você vai tomar”, disse o Gato. 
Se pararmos pra pensar, muitas vezes nos sentimos como a personagem Alice, perdidos em nosso próprio universo, sem saber ao certo que caminho tomar.
São tantas as possibilidades que muitas vezes preferimos nem começar.
É muito comum termos desculpas prontas para nossa falta de objetivo. Alegamos estresse e cansaço. Também afirmamos que a rotina nos consome e que o tempo anda passando tão rápido que nem paramos para pensar nisso...
Segundo o filósofo Immanuel Kant, “quem não sabe o que procura, não vê o que encontra”, por isso, é muito importante estabelecermos onde realmente queremos chegar, pois só assim nossos planos e esforços irão fazer sentido.
O planejamento é essencial para quem deseja chegar mais longe. 
Programe seu futuro de forma clara, pensando em metas de curto, médio e longo prazo. Imagine algo que deseja muito realizar e que ainda não foi concretizado.
Pode ser que você queira tocar algum instrumento, começar um novo empreendimento ou queira comprar um automóvel.
Talvez seu desejo seja reconstruir um relacionamento, perdoar algumas pessoas ou se aperfeiçoar cada vez mais como ser humano.
Para concretizar nossos objetivos, é muito importante ser honesto consigo mesmo e conhecer as nossas dificuldades e pontos fortes. Ter uma boa comunicação também é essencial.
Imagine-se realizando cada um desses objetivos e pense como será seu futuro, daqui a 10 anos. Que histórias você quer contar quando este tempo chegar? Quais os feitos que desejará ter realizado? Como será você neste dia?
Lembre-se que é sempre tempo de recomeçar e de elaborar o que você “gostaria de ser quando crescer”, mesmo que você já seja um adulto há muitos anos. Lembre-se que, todos os dias, você tem uma oportunidade nova de fazer acontecer, basta você querer.
Portanto, comece... Arregace as suas mangas!
Assim, se o Gato Mestre do filme aparecer pra você, você já saberá dizer a ele qual caminho deseja seguir!

 

Colunas

Contraponto