Santos

Sutaco abre inscrições para o cadastro de novos artesãos

Os interessados devem comparecer na Avenida Harry Forssell, 1505, Jardim Sabaúna

Comentar
Compartilhar
13 JUN 2018Por Da Reportagem10h48
O atendimento acontece de segunda a sexta-feira, das 9 às 16 horasFoto: Divulgação/PMI

A Subsecretaria do Trabalho Artesanal nas Comunidades (Sutaco) está com inscrições abertas para o cadastro de novos artesãos da Cidade. Os interessados devem comparecer na Avenida Harry Forssell, 1505, Jardim Sabaúna. O atendimento acontece de segunda a sexta-feira, das 9 às 16 horas.

Para obter o documento que o identifica como profissional do artesanato e dá acesso aos serviços prestados pela Sutaco, é necessário ter 16 anos ou mais e demonstrar o ofício diante de uma Comissão Técnica para que seja avaliado de acordo com normas estabelecidas na legislação. Além disso, é necessário agendar um horário para entrevista e avaliação do trabalho. Já no dia da entrevista, o artesão deverá comparecer portando os seguintes documentos: original e cópia do RG, CPF e comprovante de residência e duas fotos 3 X 4.

É necessário levar também, no mínimo, três amostras de trabalhos de cada técnica que queira cadastrar e o material necessário para a confecção de uma peça de cada técnica para o teste. Vale ressaltar que a Sutaco cadastra até quatro técnicas. De acordo com a responsável pela Sutaco, Simone Faya, o programa conta com mais de 500 artesãos.

Para o secretário de Relações do Trabalho, José Renato Costa de Oliva, é fundamental que todos os artesãos da Cidade façam seu cadastro. “Realizando o cadastro, o artesão terá acesso aos benefícios que o programa oferece, além disso, terá maior segurança na venda de seus produtos, gerando mais renda e consequentemente mais empregos”.

SUTACO

Tem como missão viabilizar, preservar, incrementar e promover o artesanato do Município contribuindo para o desenvolvimento da Cidade de modo economicamente viável, socialmente justo e ambientalmente responsável.  Contribui para a geração de renda e oportunidades no mercado de trabalho.

Colunas

Contraponto