22h : 30min

Conheça o
Caderno + DL

Ler

Assine o Jornal por R$8
por mês no plano atual

AssineLer Jornal

Sidnei Aranha vai apoiar Valter Suman no 2º turno em Guarujá

Médico enfrentará Haifa Madi no próximo dia 30. Além de Aranha, Suman conta com apoio de Benzi e membros de outros três partidos

Comentar
Compartilhar
13 OUT 2016Por Da Reportagem10h00
Sidnei Aranha consultou a base do PC do B e resolveu apoiar o médico Valter Suman no segundo turno das eleições de Guarujá, que ocorrerão no próximo dia 30Foto: Diário do Litoral

O advogado Sidnei Aranha (PC do B), quarto colocado nas últimas eleições com 8.679 votos, vai apoiar o médico Valter Suman (PSB) no segundo turno em Guarujá. As eleições ocorrerão no próximo dia 30 e o município é o único da região que ainda não definiu quem comandará a cidade até 2020.

Ontem, Aranha enviou uma nota oficial do partido, informando que o Comitê Municipal, levando em consideração sua identidade programática e as orientações do Comitê Estadual do Partido, acredita que o posicionamento no segundo turno terá como base o projeto que mais se aproxima do partido, cujas propostas contidas no respectivo plano de governo está em consonância com os anseios da sociedade guarujaense. 

“Nosso apoio, na figura de Sidnei Aranha, converge para a candidatura majoritária de Valter Suman à Prefeitura de Guarujá. Sendo assim, o PC DO B declara seu apoio neste segundo turno, desejando que a vitória seja transformada em ações efetivas para a melhoria da qualidade de vida dos moradores de Guarujá e Vicente de Carvalho”, assina o presidente do PC do B Lindaci Carvalho e o próprio Aranha.

Na frente

A Pérola do Atlântico tem duas opções. A ex-deputada Haifa Madi foi a primeira colocada no último pleito de 2 de outubro com 66.147 votos. Suman, que foi o segundo colocado com 36.311 votos, já conta com o apoio do vereador e terceiro mais votado Gilberto Benzi (PSDB), que obteve 22.741. 

Para superar Haifa, o médico terá que contar com 100% dos votos dos dois apoiadores e torcer para que a ex-deputada não amplie seu eleitorado – uma tarefa bastante difícil.

Colunas

Contraponto

Construtora CredLar