Governo e Sindicato discutem situação das pajens de Guarujá

A briga teve um novo capítulo semana passada, quando um grupo fez uma manifestação na porta do Paço Municipal

Comentar
Compartilhar
29 NOV 2017Por Da Reportagem11h45
Governo e Sindicato discutem situação das pajens de GuarujáFoto: Diário do Litoral

O prefeito de Guarujá, Válter Suman (PSB), e a presidente do Sindicato dos Servidores Públicos de Guarujá (Sindserv), Márcia Rute Daniel, já iniciaram entendimentos para resolver um problema do Governo Maria Antonieta de Brito (PMDB): o possível enquadramento de 280 pajens e 181 auxiliares como professoras de Educação Infantil.

A briga teve um novo capítulo semana passada, quando um grupo fez uma manifestação na porta do Paço Municipal. Segundo Márcia Rute e três diretoras do Sindserv que estiveram em recente reunião com Suman, o prefeito iniciou um diálogo flexível e revelou que havendo possibilidade, o enquadramento acontecerá. “O diálogo foi positivo. É uma reivindicação que vem desde2015 e o prefeito iniciou um diálogo flexível, apontando que, se houver possiblidade, atenderá a categoria”, afirma Rute.  

Documento

Na gestão anterior, o Sindserv protocolou um documento com mais de duas mil páginas, provando a legalidade do enquadramento. Além de Suman, a reunião de negociação foi acompanhada do secretário Jurídico da Prefeitura, Marcelo Tadeu Nascimento, e o presidente da câmara, Edilson Dias (PT), além dos vereadores outros vereadores. O vice-prefeito e secretário de Educação, Renato Pietropaolo, também esteve presente. A próxima reunião será em dezembro.

 

Colunas

Contraponto