03h : 39min

Conheça o
Caderno + DL

Ler

Assine o Jornal por R$8
por mês no plano atual

AssineLer Jornal

Tite confirma Cássio na mira da seleção brasileira

Depois de Taffarel, preparador de goleiros, aparecer no CT do Corinthians, foi a vez de Tite elogiar o camisa 1 e confirmar a possibilidade

Comentar
Compartilhar
11 JUL 2017Por Folhapress10h57
Cássio tem boas chances de ser convocado para os dois próximos jogos da seleção brasileira, contra Equador e Colômbia, pelas eliminatóriasFoto: Agência Corinthians

Cássio tem boas chances de ser convocado para os dois próximos jogos da seleção brasileira, contra Equador e Colômbia, pelas eliminatórias. Depois de Taffarel, preparador de goleiros, aparecer no CT do Corinthians, foi a vez de Tite elogiar o camisa 1 e confirmar a possibilidade.

A convocação deve ser divulgada no próximo dia 11 e com forte presença de atletas que jogam no Brasil.
"Tem [possibilidade]. Os atletas estão atuando em alto nível... E é um indício. Quando o Taffarel vai acompanhar, ele vai acompanhar os atletas que estão em alto nível em suas equipes e desempenhando no individual. E é o momento, sim, do Corinthians e do Cássio. Então, é, sim, justo assim como o Vanderlei tem feito um grande campeonato. Assim como, tempos atrás, o Grêmio e o Grohe viviam grande momento e ele esteve aqui acompanhando. Assim como teve o Muralha quando o Flamengo e ele estavam em alto nível. Assim como foi com o Diego. E nós, do restante da comissão, cuidamos dos atletas de linha", disse Tite, logo após palestra em Porto Alegre.

A excelente fase de Cássio e do Corinthians são os motivos principais. Mas também há outro elemento: a convocação para os jogos com Equador e Colômbia deverá ter mais atletas em atividade no Brasil. O reinício da temporada na Europa e seus reflexos, pré-temporada e janela aberta, são argumentos para olhar mais ao Brasileirão.

Ao falar da lista para a Copa, o treinador afirmou que mantém os olhos abertos para "atletas emergente" e citou duas novidades: Arthur, do Grêmio, e Douglas, do Vasco.

"Têm muitas situações abertas. Defensivamente, no seu meio-campo tem situações abertas. Na frente tem situações abertas e não estou falando da boca para fora. Claro que tem uma base, mas não vou fechar portas para um atleta emergente que venha e comprove a qualidade. Como? Tal qual o Gabriel Jesus... Esta aberto. 'Ah, e se for o Arthur do Grêmio, o Douglas do Vasco'. Não sei, mas vou estar acompanhando", afirmou.

Já classificada para a Copa do Mundo, a seleção brasileira entra em campo contra o Equador, no dia 31 de agosto, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, pela 15ª rodada das Eliminatórias da Copa. Na sequência, visita a Colômbia, no dia 5 de setembro.

Colunas

Contraponto