01h : 59min

Conheça o
Caderno + DL

Ler

Assine o Jornal por R$8
por mês no plano atual

AssineLer Jornal

Temer coloca governo à disposição da Chape e decreta luto por 3 dias

Próxima do destino na Colômbia, a aeronave com a delegação do time acabou caindo e causou a morte de 76 atletas, de acordo com informações oficiais

Comentar
Compartilhar
29 NOV 2016Por Gazeta Press09h58
Temer apontou o ocorrido como uma “tragédia” e decretou luto oficial de três diasFoto: Divulgação

O presidente Michel Temer pronunciou-se por meio do seu Twitter na manhã desta terça-feira, lamentou bastante o acidente com o avião que levava a delegação da Chapecoense para Medellín, local da partida contra o Atlético Nacional, e decretou luto oficial de três dias. Já bem próxima do destino, a aeronave acabou caindo e causou a morte de 76 atletas, de acordo com informações oficiais das autoridades colombianas.

Temer apontou o ocorrido como uma “tragédia” e assegurou que tanto o Itamaraty, órgão responsável pelas relações exteriores do país, quando a  Aeronáutica estão à disposição do clube catarinense para resolver os trâmites necessários no país vizinho.

“Nesta hora triste que a tragédia se abate sobre dezenas de famílias brasileiras, expresso minha solidariedade. Estamos colocando todos meios para auxiliar familiares e dar toda a assistência possível. A aeronáutica e o Itamaraty já foram acionados. O governo fará todo o possível para aliviar a dor dos amigos e familiares do esporte e do jornalismo nacional”, postou o político.

Além das palavras de Temer, a Confederação Brasileira de Futebol assegurou que fará todo o necessário “para que a Chape consiga sair dessa situação”. Autoridades brasileiras devem desembarcar entre terça e quarta na Colômbia para dar seguimento.

Colunas

Contraponto

Construtora CredLar