Sob olhares de Levir, Santos arranca vitória suada no fim

No minuto final de partida, o lateral-direito Victor Ferraz cobrou falta e decretou triunfo, por 1 a 0, sobre o Botafogo, no estádio do Pacaembu

Comentar
Compartilhar
07 JUN 2017Por Diário do Litoral22h52
Victor Ferraz marcou o gol da vitória do PeixeFoto: Leonardo Benasatto/FramePhoto

Tudo caminhava para um resultado negativo, fruto de mais uma atuação apática. Até que no minuto final de partida, o lateral-direito Victor Ferraz recebeu falta na entrada da área, cobrou com maestria e garantiu uma suada vitória do Santos sobre o Botafogo, por 1 a 0, no Pacaembu, pelo Brasileirão.

De um camarote do estádio, o técnico Levir Culpi, escolhido como o substituto de Dorival Júnior, comemorou o gol da vitória, mas viu também que terá muito trabalho pela frente. Sem padrão tático, a equipe criou poucas chances, foi dominada no segundo tempo e estava recebendo uma chuva de vaias da torcida.

O gol marcado pelo camisa 4, porém, incendiou a arquibancada e deu um fôlego para que o Alvinegro Praiano tenha uma tranquilidade no campeonato. Com o resultado positivo, o Peixe deixou a zona de risco e subiu para a 13ª posição, com seis pontos. O Botafogo, por sua vez, é o oitavo colocado, com sete.

O jogo

Enquanto Levir ainda ajusta os últimos detalhes para iniciar os trabalhos no Peixe, o interino Elano foi o comandante e tentou dar uma outra cara para a equipe. Matheus Ribeiro, Vecchio, Arthur Gomes e Kayke foram as novidades. O time, porém, voltou a sofrer com problemas na armação – Lucas Lima segue lesionado – e só criou mesmo em bom jogada de Arthur pela ponta esquerda.

O Botafogo, por sua vez, mesmo sem cinco titulares, deu trabalho. O time do técnico Jair Ventura mostrou consistência defensiva e deve estar lamentando até agora um grande lance desperdiçado no primeiro tempo. Matheus Ribeiro falhou feio, Pimpão saiu na cara de Vanderlei, mas Thiago Maia chegou a tempo e evitou o pior. No fim, Victor Ferraz recompensou o esforço do companheiro com o gol de falta.

Ainda sob o comando de Elano – Levir Culpi deve estrear no clássico contra o Palmeiras, no próximo dia 14 –, o Peixe volta a campo no próximo domingo (11), contra o Atlético-PR, na Arena da Baixada, às 19h. Já o time carioca terá pela frente o Coritiba, no mesmo dia, mas um pouco mais cedo, às 11h, em duelo a ser disputado no Engenhão (RJ).

Colunas

Contraponto