Sheik é suspenso por dois jogos na Libertadores

Dessa forma, o atacante poderá ficar à disposição do técnico Fábio Carille em um eventual duelo de oitavas de final da Libertadores

Comentar
Compartilhar
17 MAI 2018Por Folhapress16h50
O contrato de Sheik termina no fim de junhoFoto: Agência Corinthians

O atacante Emerson Sheik foi suspenso por dois jogos pela Conmebol pela expulsão diante do Independiente (ARG). O jogador cumprirá o primeiro jogo nesta quinta-feira (17), contra o Deportivo Lara (VEN), e também ficará fora da partida contra o Millonarios (COL).

Sheik, dessa forma, poderá ficar à disposição do técnico Fábio Carille em um eventual duelo de oitavas de final da Libertadores.

Para isso, no entanto, o atacante precisa renovar seu contrato com o Corinthians, já que o atual vínculo se encerra no fim de junho e a fase de mata-mata da competição continental começará a ser disputada em agosto.

Além da suspensão de dois jogos, o jogador foi multado em US$ 1,5 mil (R$ 5,5 mil) por ter recebido o cartão vermelho direto. O valor deve ser pago pelo Corinthians. Segundo a Conmebol, não cabe recurso.

Sheik, que foi expulso de campo sem ao menos tocar na bola, dois minutos depois de entrar no jogo, poderia receber gancho de até cinco jogos pela entrada sem bola e com o jogo parado no jogador argentino. Nesse caso, a atitude seria considerada algo grave.

O atacante recebeu um jogo extra porque sua atitude foi classificada como "conduta violenta ou agressão". Ele está liberado para atuar nos jogos do Campeonato Brasileiro e, dessa forma, tem chances de enfrentar o Sport no próximo domingo (20).

Diário da Copa

RUSSIA 2018
Faltam
dias para a Copa

Colunas

Contraponto