Entrada da Cidade

Santos x Corinthians: rivais mantém a mesma base da Libertadores

Santos e Corinthians têm em comum o cansaço por longas viagens nas estreias pela Libertadores como problema a ser superado no clássico.

Comentar
Compartilhar
03 MAR 2018Por Folhapress12h10
Vanderlei foi o grande destaque do time, impedindo uma derrota maior no Peru.Foto: Divulgação/Facebook Santos F.C.

Santos e Corinthians têm em comum o cansaço por longas viagens nas estreias pela Libertadores como problema a ser superado no clássico.

A equipe do técnico Jair Ventura, que perdeu por 2 a 0 para o Real Garcilaso (PER), na altitude de 3400 m, tem um dia de desvantagem. Os santistas retornaram na noite de sexta-feira (2).

O maior problema será a ausência do atacante Gabriel, principal referência técnica da equipe e autor de quatro gols em cinco partidas desde o retorno da Europa.

Ele cumpre suspensão por ter tomado o 3º cartão amarelo na vitória por 2 a 0 diante do Santo André, no domingo (25), na Vila Belmiro, ao prosseguir com uma jogada de ataque após a marcação de um impedimento.

Arthur Gomes, substituto mais utilizado pelo treinador, é o mais cotado para a vaga.

O Corinthians, voltou de Bogotá, na Colômbia, onde empatou em 0 a 0 com o Millonarios. A equipe do técnico Fabio Carille também terá poucas alterações. A principal será a volta do meia Rodriguinho, que cumpriu suspensão na Libertadores. Ele entra na vaga de Matheus Vital.

Rodriguinho foi nome de destaque na vitória por 2 a 0 sobre o Palmeiras, no sábado (24).

Carille ainda busca o acerto do time no novo esquema tático, sem um jogador de referência no ataque. Papel que era de Jô em 2017, vendido para o Japão. O volante Maycon deverá ser mantido na lateral esquerda.

Colunas

Contraponto