20h : 49min

Conheça o
Caderno + DL

Ler

Assine o Jornal por R$8
por mês no plano atual

AssineLer Jornal

Santos reencontra Flamengo e busca ‘revanche’ no Pacaembu

Após ser eliminado pelos cariocas na Copa do Brasil, o Peixe aposta em força do estádio na capital

Comentar
Compartilhar
02 AGO 2017Por Alyson Gonçalo17h32
Recuperado da uma lesão muscular, o volante Renato deve assumir vaga de Alison entre os titulares. O lateral-esquerdo Zeca e o centroavante Kayke também retornamFoto: Ivan Storti/SFC

Após eliminação polêmica na Copa do Brasil 2017, o Santos volta a enfrentar o Flamengo, nesta quarta-feira, a partir das 21h45 (de Brasília). Desta vez, o duelo é válido pela 18ª rodada do Brasileirão. O reencontro é encarado como uma oportunidade de “revanche” para a equipe do técnico Levir Culpi.

Por mais que tenha vencido a equipe carioca, por 4 a 2, na Vila Belmiro, o Peixe ficou com um gosto amargo, já que não avançou à semifinal e teria sido prejudicado por uma interferência externa em anulação de pênalti. O possível gol na cobrança seria suficiente para o time chegar à próxima fase do torneio.

Inconformado com a decisão do árbitro Leandro Vuaden, a diretoria do Santos enviou oficío à CBF, alegou participação do repórter Éric Faria, da TV Globo, no lance e pediu a anulação da partida. A decisão serviu para apimentar a relação entre os clubes e criar um clima diferente para este duelo no Brasileirão.

Para levar a melhor na “revanche”, o Alvinegro  Praiano conta com a força do Pacaembu, palco do jogo. Nas últimas 22 partidas realizadas no estádio da capital paulista, foram 21 vitórias e apenas um empate.

Uma vitória ainda seria suficiente para abrir vantagem de cinco pontos para um rival direto. Hoje, o Santos terceiro colocado na tabela de classificação, com 31 pontos, tem dois a mais que o Flamengo, quarto colocado.

“É um jogo completamente diferente. É passado o que aconteceu. No Brasileiro é outra pegada, vamos atrás dos três pontos. Vamos dar o nosso melhor como time para alcançarmos a vitória e poder seguir com vantagem aos que vêm atrás. São pontos fundamentais na nossa casa, com a nossa torcida”, aliviou o atacante Copete, em entrevista coletiva no CT Rei Pelé.

Em relação ao time, o técnico Levir Culpi contará com três novidades. Recuperados de lesões, o volante Renato, o lateral Zeca e o centroavante Kayke retornam. Os dois primeiros devem assumir as vagas de Alison e Jean Mota, respectivamente, enquanto o último briga por posição com Ricardo Oliveira. A má notícia é que o lateral-direito Victor Ferraz, que sofreu uma forte pancada no empate com o Grêmio, no domingo, será ausência; Daniel Guedes assume a vaga.

 

Colunas

Contraponto