Entrada da Cidade

Raí fala em elenco fechado com Everton Felipe e até Rodrigo Caio

Durante a apresentação do meia-atacante Everton Felipe nesta quinta-feira (9), o dirigente e ídolo são-paulino avisou que novas contratações dificilmente serão feitas

Comentar
Compartilhar
09 AGO 2018Por Folhapress22h00
Durante a apresentação do meia-atacante Everton Felipe nesta quinta-feira (9), o dirigente e ídolo são-paulino avisou que novas contratações dificilmente serão feitasFoto: Divulgação/SPFC

Não espere por mais mudanças no elenco do São Paulo. Pelo menos é o que sinaliza o diretor-executivo de futebol Raí.

Durante a apresentação do meia-atacante Everton Felipe nesta quinta-feira (9), o dirigente e ídolo são-paulino avisou que novas contratações dificilmente serão feitas e que até mesmo Rodrigo Caio, sempre cotado para ser vendido, pode seguir no grupo.

"Tivemos a saída do Morato e a chegada do Everton. A gente não pensa em mexer em outra peça. Temos que pensar também no aspecto financeiro. Estamos satisfeitos com esse grupo", avisou Raí, citando o negócio com o Sport para ter Everton Felipe. Além de emprestar Morato, o clube tricolor vai pagar R$ 6 milhões em duas parcelas e, após período de empréstimo, assinará com o meia em definitivo até o fim de 2022.

Já Rodrigo Caio está voltando aos poucos à rotina do grupo depois de operar o pé esquerdo, lesionado na segunda rodada do Campeonato Brasileiro, contra o Ceará. Havia novamente a expectativa de que o zagueiro fosse vendido nesta janela de transferências, mas nenhum movimento do mercado indica a chegada de uma proposta para o São Paulo.

"Já era esperada essa volta dele. Vê-lo bem nos deixa muito felizes. Pela história que ele tem, pela postura, por ser um jogador de seleção, obviamente qualquer elenco do mundo gostaria de contar com ele. Ele teve várias propostas, de clubes de médio para grande nos últimos anos, propostas importantes, mas que não condiziam com a ideia dele e do clube. A gente, agora, pensa nele com o São Paulo. É mais um jogador de seleção no São Paulo", argumentou Raí.

Para o segundo semestre, o clube do Morumbi perdeu Marcos Guilherme, Valdivia, Júnior Tavares, Cueva, Militão, Petros e Bruno. Por outro lado, contratou Bruno Peres, Joao Rojas e, agora, Everton Felipe. Além disso, o volante Luan foi promovido ao elenco profissional.

Colunas

Contraponto