23h : 02min

Conheça o
Caderno + DL

Ler

Assine o Jornal por R$8
por mês no plano atual

AssineLer Jornal

Para diretoria do Palmeiras, tendência é que Cuca deixe o clube

O assunto ainda é tratado como algo velado, mas internamente a saída do treinador é vista como algo mais provável do que a permanência

Comentar
Compartilhar
28 NOV 2016Por Folhapress14h30
Consagrado como campeão brasileiro pelo Palmeiras, Cuca não deve prosseguir a carreira na Academia de FutebolFoto: Divulgação

Consagrado como campeão brasileiro pelo Palmeiras, Cuca não deve prosseguir a carreira na Academia de Futebol. O assunto ainda é tratado como algo velado, mas internamente a saída do treinador é vista como algo mais provável do que a permanência. Alguns fatores separam a continuidade da relação vitoriosa construída nesta temporada.

Duas questões primordiais separam Cuca de cumprir com o desejo dos torcedores; desde o último sábado e por diversas vezes no domingo, dia da conquista, palmeirenses se mobilizaram com gritos de 'fica' para convencer o treinador a permanecer.

Cuca quer evoluir ainda mais como treinador. A ideia é aproveitar a viagem para a Itália no início do ano para se especializar ainda mais; em janeiro, o ainda técnico do Palmeiras deve passar por Napoli, Internazionale e Milan para acrescentar mais estilos ao seu trabalho.

Ainda em 2017, uma nova viagem à Europa deve ocorrer, caso a possível saída do Palmeiras se concretize. Países como Espanha e Inglaterra também atraem Cuca como um campo de estudo.

O outro fator que afasta a permanência de Cuca se estabelece no lado pessoal. Antes mesmo de assumir o Palmeiras, o treinador prometeu permanecer mais tempo junto à esposa e filhas em Curitiba, local no qual o comandante do campeão de 2016 possui residência.

Outras questões particulares dentro âmbito familiar também influenciam Cuca a deixar o Palmeiras após o fim do contrato, em dezembro. Ainda nesta semana, clube e técnico devem se posicionar sobre o assunto.

Embora, neste momento, a saída de Cuca surja como algo provável, o Palmeiras ainda tenta reverter o quadro. Eleito presidente no último sábado para os anos de 2017 e 2018, Maurício Galiotte trata o atual comandante como o nome ideal para a próxima temporada.

As duas partes devem se reunir nos próximos dias para definirem a 'novela'. Mesmo se cumprir com a ideia inicial e concretizar os dois planos para o ano que vem -citados acima-, Cuca deixará a Academia de Futebol como mais um nome histórico do Palmeiras.

Colunas

Contraponto

Construtora CredLar