02h : 18min

Conheça o
Caderno + DL

Ler

Assine o Jornal por R$8
por mês no plano atual

AssineLer Jornal

Palmeiras recebe Peñarol para retomar liderança na Libertadores

O jogo marcará ainda o retorno do Palmeiras ao Estádio Palestra Itália, que ficou sem receber a partida de volta das quartas de final do Campeonato Paulista

Comentar
Compartilhar
12 ABR 2017Por Gazeta Press13h00
O Palmeiras tenta dar mais um passo rumo à sua obsessão nesta quarta-feiraFoto: Divulgação

O Palmeiras tenta dar mais um passo rumo à sua obsessão nesta quarta-feira. Na volta da equipe ao Estádio Palestra Itália, o Verdão terá casa cheia para receber o Peñarol-URU, às 21h45 (de Brasília), pela terceira rodada do Grupo 5 da Copa Libertadores, em jogo que vale a ponta da chave para o Verdão.

Tendo iniciado a rodada da Libertadores como líder do grupo com quatro pontos, o Palmeiras caiu para a segunda posição após a vitória do Jorge Wilstermann-BOL sobre o Atlético Tucumán-ARG na noite desta terça-feira. Um triunfo simples no Palestra Itália, porém, coloca o Verdão novamente na ponta com sete pontos, quatro a mais que o terceiro colocado, justamente o Peñarol. Contra um adversário que certamente atuará retrancado, o zagueiro Edu Dracena prega calma para o Verdão.

“Os dois jogos contra o Novorizontino (no Campeonato Paulista) nos mostraram que temos que ter paciência. Não podemos tentar acelerar a partida a toda a hora. Precisamos de um pouco mais de tranquilidades para cadenciar o jogo, tocar a bola, e na hora que pudermos pressionar, tentamos roubar a bola e forçar o erro deles”, afirmou o zagueiro Edu Dracena.

O jogo marcará ainda o retorno do Palmeiras ao Estádio Palestra Itália, que ficou sem receber a partida de volta das quartas de final do Campeonato Paulista por conta de shows de Justin Bieber e Elton John no local. Para o embate desta quarta-feira, todo o gramado foi trocado, em uma operação que custou cerca de R$ 300 mil à WTorre – parceira do clube. De volta à sua casa, a torcida alviverde comprou todos os ingressos disponíveis.

“A gente vem crescendo. Quarta-feira será um jogo igual foi contra o Jorge Wilsterann. Temos que colocar na cabeça do torcedor que precisamos do mesmo espírito daquele jogo. Serão 90 minutos de concentração, como foi aquele dia, tanto que fizemos o gol nos acréscimos. O Palmeiras tem passado essa confiança ao torcedor”, completou o defensor.

Apesar do mistério alviverde, que fechou os treinamentos de segunda, na Academia de Futebol, e terça-feira, no Estádio Palestra Itália, o Palmeiras não deve ter surpresas em seu time titular nesta quarta-feira. A equipe deverá ser a mesma que teve ótima atuação contra o Novorizontino, ganhando apenas o reforço do lateral-direito Jean.

O Peñarol, que no sábado chegou ao terceiro lugar do Campeonato Uruguaio com uma vitória por 2 a 0 sobre o Juventud, desembarcou na segunda-feira em São Paulo com a esperança de voltar para casa com pelo menos um empate. Contra um time de atletas renomados como Zé Roberto e Felipe Melo, o técnico Leonardo Ramos se preocupa com as individualidades alviverdes.

“O Palmeiras será um rival muito duro. Tem individualidades muito boas, que podem resolver uma partida a qualquer momento. Precisamos estar muito atentos taticamente e funcionar como um relógio em campo”, afirmou Leonardo Ramos, técnico do Peñarol.

Visando o confronto desta quarta-feira, Ramos poupou no sábado o meia Cristian Cebolla Rodríguez, destaque que foi relacionado e deverá ser titular no Palestra. A dúvida do treinador fica por conta da utilização de Guzmán Pereira, que sofreu uma entorse no joelho e está sob os cuidados dos fisioterapeutas do clube. Caso não esteja apto, Pereira deve ser substituído por Ángel Rodríguez.

Colunas

Contraponto