06h : 09min

Conheça o
Caderno + DL

Ler

Assine o Jornal por R$8
por mês no plano atual

AssineLer Jornal

Oswaldo promete seguir orientações de Carille à risca nos primeiros jogos

O novo técnico do Corinthians fez ainda mais média com Fábio Carille, que nunca escondeu a sua meta de se tornar treinador efetivamente

Comentar
Compartilhar
15 OUT 2016Por Gazeta Press17h00
Oswaldo também já foi auxiliar no Corinthians, no time de Vanderlei LuxemburgoFoto: Djalma Vassão/Gazeta Press

Fábio Carille voltou a ser auxiliar no Corinthians, mas terá incumbências de um verdadeiro treinador nos primeiros jogos da equipe sob o comando de Oswaldo de Oliveira. O seu novo superior já lhe pediu ajuda para amenizar o curto período que teve para conhecer o elenco antes da estreia contra o América-MG, neste domingo, em Itaquera.

“É um momento de transição. A gente já conversou longamente no vestiário. Por enquanto, vou seguir à risca o que o Fábio está me passando. Gradativamente, à medida que for tomando conhecimento de tudo que é inerente à equipe, passarei a tomar mais decisões de cunho individual. Neste momento, seria insensato mudar alguma coisa”, comentou Oswaldo, elogiando o desempenho do Corinthians sob o comando de Fábio Carille. “A equipe melhorou bastante.”

O novo técnico do Corinthians fez ainda mais média com Fábio Carille, que nunca escondeu a sua meta de se tornar treinador efetivamente, apesar de sempre se mostrar subserviente às ordens da diretoria. Oswaldo de Oliveira iniciou a sua trajetória de forma parecida, também no clube do Parque São Jorge, quando era assistente de Vanderlei Luxemburgo no final da década de 1990.

“O Fábio será um ótimo técnico. Também fui assistente, mas nunca dizia que queria ser treinador porque, para mim, aconteceu de uma forma mais natural e surpreendente. Mas ele é amigo de infância de um grande amigo meu, o Fernando Diniz. Eles cresceram juntos. Há um elo inestimável aí. Futuramente, vai se tornar treinador, sim, mostrando o rendimento que teve recentemente. Agora, cada um faz a sua função, e o Corinthians crescerá junto com a gente”, discursou Oswaldo.

A função atual de Carille é passar informações sobre a equipe ao comandante do Corinthians. Oswaldo lembrou que já conhece bem jogadores como os meias Danilo, Marlone e Rodriguinho, o goleiro Cássio e o atacante Rildo, embora ainda tenha visto pouco de jovens como o lateral direito Léo Príncipe.

“Tenho uma ideia geral do elenco. Por isso, a transição terá que ser muito justinha com o Fábio, para tirarmos o melhor do time neste momento. Não podemos estancar o que vem sendo feito”, insistiu Oswaldo de Oliveira.

Colunas

Contraponto

Construtora CredLar