09h : 10min

Conheça o
Caderno + DL

Ler

Assine o Jornal por R$8
por mês no plano atual

AssineLer Jornal

No Peru, sogro de Cueva recebe caixa com granada e pomba morta

Bandidos deixaram uma carta e uma caixa na frente da residência do sogro do meia são-paulino, que vive na cidade de Trujillo, a 724 km da capital Lima

Comentar
Compartilhar
03 AGO 2017Por Folhapress21h30
Christian Cueva recebeu uma mensagem assustadora diretamente do PeruFoto: Ricardo Stuckert/CBF/Fotos Públicas

Mesmo vivendo no Brasil, Christian Cueva recebeu uma mensagem assustadora diretamente do Peru. Bandidos deixaram uma carta e uma caixa na frente da residência do sogro do meia são-paulino, que vive na cidade de Trujillo, a 724 km da capital Lima.

Luis Lopez Rodriguez -pai de Maira Maira Lopez Solorzano, a esposa do jogador- foi quem encontrou uma granada e um pombo morto dentro da caixa, acompanhados de um bilhete. "Essa é apenas uma advertência.

Da próxima vez visitaremos sua filha [mulher do jogador] em sua casa e deixaremos a granada sem segurança. Ligue neste número, caso contrário 'buum'".

"Que Cueva nos ligue se não quiser prejudicar a própria família", terminava o papel. Depois de encontrar o pacote, Rodriguez ligou para a Central de Emergência da Polícia do Peru, que, por sua vez, solicitaram a presença de uma equipe da Unidade de Desativação de Explosivos -já que foi confirmado que a granada era verdadeira.

Apesar do susto, Cueva não deu indícios de que voltará ao seu país. Selecionado para enfrentar o Coritiba nesta quinta-feira (3), o jogador deve atuar normalmente na partida, que acontecerá às 19h30, no Estádio do Morumbi.

Colunas

Contraponto