Promo DL

Nilmar é apresentado pelo Santos e quer superar desconfiança

O jogador, que tem longo histórico de lesões, foi submetido a diversos exames antes da assinatura do contrato. Ele já realiza trabalho especial no clube e deve ficar pronto em 40 dias

Comentar
Compartilhar
10 JUL 2017Por Diário do Litoral15h42
Nilmar é apresentado pelo SantosFoto: Ivan Storti/SFC

O Santos anunciou a contratação do atacante Nilmar na tarde desta segunda-feira (10). Conforme divulgado pelo Diário do Litoral, ele já tinha assinado contrato na última sexta-feira e aguardava apenas a chegada de um documento para ser oficializado, o que aconteceu no início desta semana.

Ex-Al-Nasr, dos Emirados Árabes Unidos, o jogador chega ao Alvinegro Praiano sem custos. O seu contrato é válido até dezembro de 2018, com salário de R$ 200 mil e bônus por produtividade. Ele vestirá a camisa de número 18 na nova equipe.

Em nova passagem pelo futebol brasileiro, o atleta, que fez sucesso com as camisas do Corinthians e Internacional, espera superar a desconfiança do torcedor e até mesmo da diretoria do clube. Por conta do longo histórico de lesões, ele foi submetido a diversos exames antes de assinar contrato.

“Meu problema é físico, não clínico. Muitos falaram de lesão. Sempre encarei isso na minha carreira por ter dois joelhos operados. Mas não tive mais problemas graves de lesão depois desses anos. Queria jogar amanhã, mas tenho que estar preparado para a maratona do futebol brasileiro. Passo o dia todo no clube. Me sinto bem chegando a 33 anos”, disse, em entrevista coletiva.

Como não atua desde maio do ano passado, Nilmar precisará de um tempo para recuperar a forma física. Ele vem realizando atividades no CT Rei Pelé desde o fim da última semana e conta com atenção especial do preparador físico do clube, Luiz Rosan, com quem trabalhou na Seleção Brasileira.

“Preciso me condicionar bem. Estou praticamente morando no CT (Rei Pelé ) para voltar o mais rápido possível. Vim pela vontade de vencer. Estou em condições de render. O Santos é uma porta que se abre”, completou

O Departamento Médico do Peixe prefere não dar um prazo do retorno aos gramados, mas a tendência é que o jogador fique à disposição do técnico Levir Culpi em cerca de 40 dias.

Concorrência no ataque

Em sua primeira entrevista coletiva, o atacante também falou sobre a briga por uma vaga de titular no ataque. Hoje, Kayke é a referência no comando ofensivo, já que Ricardo Oliveira ainda se recupera de uma série de problemas. Nilmar, porém, destacou que pode atuar em diversas funções e buscará um espaço na equipe.

“Sempre houve briga sadia por posição. Quem ganha é o Santos. Cada um vai buscar o seu espaço. O professor Levir vai ter muitas opções. Espero que todos continuem no nível alto e que eu possa brigar também. A minha característica é a velocidade. Já joguei pelo lado, centroavante e até no meio. Estando bem condicionado, consigo fazer”, argumentou.

Sonho antigo

Destaque do futebol brasileiro nos últimos anos, Nilmar esteve próximo de desembarcar na Vila Belmiro em diversas oportunidades. Ele foi procurado em 2006, 2013 e 2015. No início deste ano, o Peixe também mostrou interesse, mas devido ao contrato do jogador com o Al-Nasr teve que adiar um acerto.

Colunas

Contraponto