11h : 32min

Conheça o
Caderno + DL

Ler

Assine o Jornal por R$8
por mês no plano atual

AssineLer Jornal

Mattos descarta Pratto e Borja, mas diz que Palmeiras busca mais 2 reforços

O diretor disse ao Fox Sports que "é impossível contratar esses dois jogadores nesse momento"

Comentar
Compartilhar
11 JAN 2017Por Folhapress15h00
Alexandre Mattos quer mais duas contratações para fechar o elencoFoto: Fernando Dantas/Gazeta Press

O diretor de futebol do Palmeiras, Alexandre Mattos, descartou, pelo menos no momento, a possibilidade de contratar dois nomes de peso no mercado: Lucas Pratto, que está no Atlético-MG, e Miguel Borja, do Atlético Nacional.

O diretor disse ao Fox Sports que "é impossível contratar esses dois jogadores nesse momento", mas que o Palmeiras busca mais dois reforços para se juntar aos sete que já chegaram.

"Afirmo que para o Palmeiras nesse momento é impossível fazer qualquer tipo de tratativa para trazer esses jogadores (Lucas Pratto e Miguel Borja) e que o clube tem confiança nos que se encontram no elenco, principalmente o Barrios e o Alecsandro", disse Alexandre Mattos, que ainda mandou um recado ao torcedor: "quero dizer ao nosso torcedor para não criar expectativa. No Brasil é impossível chegar ao valores".

Por outro lado, o diretor de futebol do Palmeiras ressaltou que ainda vem novidade no elenco para 2017.

"Hoje confirmamos a contratação de um zagueiro, o Antônio Carlos que estava na Ponte, o Eduardo Baptista conhece ele muito. Chegou por 1 ano de empréstimo e com possibilidade de comprar. O Palmeiras vai buscar no máximo mais dois jogadores", contou.

Mattos ainda apontou para quais posições o Palmeiras ainda busca atletas no mercado.

"Uma das posições é a lateral direita, emprestamos o João (João Pedro) e temos o Jean muito bem ali, precisamos fazer a manutenção e outro jogador com uma característica diferente, um pouco ali para frente que a gente possa vir buscar", analisou.

O Palmeiras já anunciou as contratações de Antônio Carlos, Keno, Raphael Veiga, Hyoran, Alejandro Guerra, Felipe Melo e Michel Bastos.

Colunas

Contraponto