Promo DL

Lucas Lima e Bruno Henrique são dúvidas em jogo de volta da Libertadores

Os dois melhores jogadores do time foram substituídos no segundo tempo por conta de dores musculares

Comentar
Compartilhar
14 SET 2017Por Folhapress12h31
Bruno Henrique marcou o gol da equipe santista na partida do EquadorFoto: Site Oficial Santos Futebol Clube

Apesar de o empate por 1 a 1 contra o Barcelona fora de casa não parecer um mau resultado para o Santos, comissão técnica e atletas deixaram o campo preocupados nesta quarta-feira (13) por outro motivo: possíveis lesões de Lucas Lima e Bruno Henrique.

Os dois melhores jogadores do time foram substituídos no segundo tempo por conta de dores musculares e são dúvidas para o duelo de volta.

A dupla, inclusive, não confirmou presença na partida de volta na próxima quarta-feira (20), às 21h45, na Vila Belmiro. Os dois utilizaram o termo "embolada" no músculo para explicar o problema, mas avisaram que só os exames para esclarecer a real situação deles.

"O doutor falou que deu uma embolada, pode ser contratura, só exame para saber o que é. Espero que eu esteja pronto para o jogo de volta e ajudar o Santos com a classificação. Vou fazer de tudo para estra dentro de campo, independente da lesão", afirmou Bruno Henrique ao deixar o estádio em Guayaquil.

Lucas Lima também não confirmou presença em campo e ainda culpou a viagem de 16 horas para o Equador como responsável pela possível lesão.

"Senti uma embolada no músculo, infelizmente, foi pela viagem desgastante de 16 horas para chegar aqui.

Temos que ver isso. Valeu o empenho de todos. Não sei. Eu até falei com o fisioterapeuta, ele acha que foi fisgada, é só exame para saber. Não dá cara. Foi uma viagem desgastante para nós, 16 horas, é quase desumano", disse Luca Lima.

Lucas Lima já desfalcaria o Santos contra o Botafogo, sábado (16), pelo Campeonato Brasileiro, por conta de suspensão.

Caso ele não jogue o duelo de volta contra o Barcelona, Jean Mota pode ficar com a vaga no meio-campo.

No ataque o problema é maior ainda pois Copete também se recupera de lesão muscular. Thiago Ribeiro o seu substituto no Equador foi o pior atleta em campo.

Colunas

Contraponto