Pref 13 e 14

Jean Mota deve ser novidade do Santos para duelo contra o Fluminense

Insatisfeito com o desempenho de Yuri contra o Atlético-PR, o técnico Levir Culpi deve voltar a escalar um meio-campo com dois armadores e apenas um volante

Comentar
Compartilhar
12 AGO 2017Por Diário do Litoral16h57
Jean Mota deve ser novidade do Santos para duelo contra o FluminenseFoto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Divulgação Santos FC

O meia Jean Mota deve ser uma das novidades entre os titulares do Santos para o duelo contra o Fluminense, nesta segunda-feira (14), no Pacaembu pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. O técnico Levir Culpi ainda não confirmou a equipe que vai a campo, mas, de acordo com treino realizado neste sábado (12), a tendência é que ele assuma a posição de Yuri no meio de campo.

Na vitória sobre o Atlético-PR, na última quinta, pelas oitavas de final da Libertadores da América, Yuri iniciou a partida entre os 11 iniciais, ao lado de Alison, mas não foi bem. Com fragilidade na marcação do meio de campo, o Peixe acabou dominado pelo time paranaense e Levir optou pela entrada de Jean Mota no lugar de Yuri ainda no intervalo. O time mostrou uma certa evolução e chegou a vitória na reta final, com gol marcado por Bruno Henrique.

“O Jean está acostumado a jogar pelo meio. Ele tinha de acertar a puxada de contra-ataque. Com ele, eu abri mais o time e deu certo. O time ficou ofensivo, melhorou um pouco, mas não muito. Por competência, nós permanecemos”, explicou Levir, após a vitória sobre a equipe paranaense.

Jean vinha jogando nos últimos meses como lateral esquerdo. Com a recuperação do lateral Zeca, porém, ele retornou ao banco de reservas. Para a partida desta segunda, ele deve voltar a ganhar uma vaga em sua posição preferida. Com isso, o Peixe voltaria a jogar com dois armadores (Lucas e Jean Mota) e apenas um volante de marcação. Ele vinha jogando desta forma com a entrada de Vecchio na equipe. O meia argentino, porém, sofreu uma ruptura em músculo da coxa direita e só deve retornar aos gramados no início de setembro.

Segue fora

O volante Renato, com dores musculares na coxa direita, foi ausência na vitória sobre o Furacão e deve permanecer como ausência para o jogo contra o Fluminense. Ele não esteve presente em treino no gramado, neste sábado, e deve ser vetado da lista de relacionados. A tendência é que ele volte a ser opção para o jogo contra o Coritiba, no próximo dia 20, no Couto Pereira.

Colunas

Contraponto