15h : 21min

Conheça o
Caderno + DL

Ler

Assine o Jornal por R$8
por mês no plano atual

AssineLer Jornal

Em dia de falhas, Corinthians perde para a Ferroviária em Araraquara

O único gol da partida foi marcado pelo meia Alan Mineiro, emprestado pelo Timão ao clube do interior

Comentar
Compartilhar
19 MAR 2017Por Gazeta Press18h26
Em dia de falhas, Corinthians perde para a Ferroviária em AraraquaraFoto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Em jogo marcado por falhas tanto da equipe quanto da arbitragem, o Corinthians foi derrotado por 1 a 0 pela Ferroviária na tarde deste domingo, na Arena da Fonte Luminosa, em Araraquara. O único gol da partida foi marcado pelo meia Alan Mineiro, emprestado pelo Timão ao clube do interior, que dominou uma bola com o braço no rebote de um pênalti batido por ele.

Com o resultado, o Alvinegro corre o risco de perder a melhor campanha da competição caso o Palmeiras, que enfrenta o Santos ainda neste domingo, consiga uma vitória. Com 19 pontos, porém, o time já está classificado para as quartas de final e deve confirmar nas próximas rodadas a liderança do Grupo A.

A Ferroviária, por sua vez, chega à sua segunda vitória no torneio e ganha fôlego na briga contra o rebaixamento. Na próxima rodada, o Timão tenta se recuperar diante do Red Bull, no estádio de Itaquera, às 17h (de Brasília) da quinta-feira. A AFE, por sua vez, visita o São Bernardo, quarta-feira, no 1º de maio.

Novidades não engrenam

O primeiro tempo da partida prometia um Corinthians envolvente, com três jogadores criativos na armação e ainda precisando provar que podem ser importantes ao clube, já classificado para o mata-mata. Moisés, Camacho, Guilherme e Marlone, as novidades promovidas por Carille, tiveram desempenho discreto em campo, ficando à sombra dos que têm atuado normalmente.

Os melhores lances da primeira etapa surgiram dos pés de Gabriel e Jadson, buscando movimentar a bola pelo lado direito. A primeira jogada perigosa saiu quando o camisa 77 achou Fagner pela direita e o lateral cruzou na segunda trave para Jô. O centroavante subiu mais alto que os zagueiros e cabeceou no contrapé de Tadeu, mas Leandro Amaro apareceu para cortar.

Depois, em nova descida de Fagner pela direita, Gabriel deu belo passe para o lateral, já dentro da área, rolar para Jadson. O meia levantou a cabeça e tentou colocar de bico no canto esquerdo do goleiro, mas acabou mandando para fora a principal oportunidades dos 45 minutos iniciais.

Falha total dá vitória à Ferroviária

Logo no começo do segundo tempo, Gabriel conseguiu apagar tudo de bom que tinha feito na etapa inicial. Ao tentar proteger a bola na entrada da área, acabou desarmado e viu Alan Mineiro invadir a área. Fagner, atrasado, levantou o ex-companheiro e cometeu pênalti claro, marcado pelo árbitro Raphael Claus.

Na batida, o próprio Alan Mineiro pegou a bola e chutou, mas mandou na trave. Na sobra, a bola desviou na mão de Cássio e o armador da Ferroviária também utilizou seu braço para dominar. A bola, então, ficou limpa para ele tocar para o gol e abrir o placar, em meio a muita reclamação dos corintianos.

O tento fez com que os visitantes se lançassem ao ataque e criassem inúmeras chances de marcar, novamente com Jadson sendo o ator principal, mas o goleiro Tadeu, da Ferroviária, foi quem apareceu bem. Até os 20 minutos, ele já havia parado bom chute de primeira do camisa 77 e um chute forte de Guilherme, após escanteio.

Carille ainda tentou melhorar a produção ofensiva colocando Rodriguinho, Pedrinho, estrante da tarde, e Romero, mas a Ferroviária obedeceu à risca os pedidos do técnico PC de Oliveira, se fechou em frente à área e conquistou uma importante vitória na luta contra o rebaixamento.

FICHA TÉCNICA
FERROVIÁRIA 1 X 0 CORINTHIANS

Local: Estádio da Fonte Luminosa, em Araraquara (SP)
Data: 19 de março de 2017, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Assistentes: Bruno Salgado Rizo (SP) e Luiz Alberto Andrini Nogueira (SP)
Cartões amarelos: Leandro Amaro, Kelvy, William Cordeiro (Ferroviária); Gabriel, Fagner, Pablo, Jadson e Romero (Corinthians)
Gol:
FERROVIÁRIA: Alan Mineiro, aos 5 minutos do segundo tempo

FERROVIÁRIA: Tadeu; Jonathan, Patrick, Leandro Amaro e William Cordeiro; Luan, Renato Xavier (Rafael Castro), Kelvy e Alan Mineiro (Juninho); Elder Santana (Claudinei) e Tiago Marques
Técnico: Paulo César de Oliveira

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Pablo e Moisés; Gabriel (Pedrinho), Camacho, Jadson, Guilherme (Rodriguinho) e Marlone (Romero); Jô
Técnico: Fábio Carille

Colunas

Contraponto