Pref 13 e 14

Dorival diz que afastamento de Cícero era discutido antes de chegar ao SP

Além disso, Dorival evitou apontar somente um responsável pelo afastamento

Comentar
Compartilhar
11 AGO 2017Por Folhapress15h30
Dorival evitou apontar somente um responsável pelo afastamentoFoto: Miguel Schincariol/Folhapress

O técnico Dorival Júnior falou pela primeira vez sobre a decisão de afastar o volante Cícero do elenco principal do São Paulo. A decisão foi tomada na última quarta-feira (10) e o jogador tem treinado em horários alternativos no CT da Barra Funda enquanto tenta encontrar um novo clube. A medida já era estudada pelos dirigentes antes mesmo do técnico ser contratado, segundo o próprio comandante tricolor. Além disso, Dorival evitou apontar somente um responsável pelo afastamento.

"Isso foi conversado internamente com o Cícero. Se eu tive 1% ou 90% de participação, não importa. Foi uma colocação já feita até mesmo antes da minha chegada, era conversado há muito tempo, mas agora que está definido podemos dividir em 50% para a comissão técnica e 50% para toda a diretoria de futebol. Com todo respeito que merece o atleta, a vida segue e daremos condições para que ele continue a carreira", ponderou o técnico.

Na última quinta-feira, o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva falou sobre o caso e apresentou versão diferente. Leco apontou que a decisão final partiu diretamente de Dorival, em entrevista à TV Globo.

Colunas

Contraponto