Banner Sabesp

Diante do Atlético-PR, Palmeiras busca o vice-campeonato

O Verdão, que conquistou o título nacional em 2016, ostenta ligeira vantagem na briga pela segunda posição

Comentar
Compartilhar
03 DEZ 2017Por Folhapress13h30
Alberto Valentim quer entregar o Palmeiras em segundo lugarFoto: Cesar Greco/Agência Palmeiras

O Palmeiras chega à última rodada do Campeonato Brasileiro, neste domingo (3), contra o Atlético-PR, ainda na disputa pelo vice-campeonato. A partida começa às 17h na Arena da Baixada. Embora tido como uma posição de pouco destaque, o segundo lugar garante uma premiação gorda, de R$ 11, 3 milhões. O campeão Corinthians levará R$ 18 milhões.

O Palmeiras, que conquistou o título nacional em 2016, ostenta ligeira vantagem na briga pela segunda posição. O time alviverde soma 63 pontos, um mais que os perseguidores Grêmio e Santos.

Os gaúchos, recém-consagrados campeões da Libertadores, levam vantagem no número de vitórias, mas vão levar a campo uma equipe sub-19 para poupar seus jogadores para o Mundial de Clubes da Fifa, que ocorrerá em Abu Dhabi neste mês.

Embora corra por fora na disputa pelo vice, o Santos é o único do trio que atua dentro de casa. Às 17h, recebe o Avaí na Vila Belmiro.

O Atlético-PR, adversário do Palmeiras, ocupa a 13ª posição. O volante alviverde Moisés ficou fora de treinamento na sexta (1º) devido a indisposição estomacal, mas deve ser opção para Alberto Valentim para a partida.

"Para o torcedor foi um ano de decepção. Nós não conseguimos conquistar nenhum campeonato", afirmou o capitão Dudu. "Agora é focar para a gente terminar em segundo lugar, que será uma posição bem honrosa."

ATLÉTICO-PR
Weverton; Jonathan, Wanderson, Thiago Heleno e Fabrício; Pavez, Matheus Rossetto, Lucas Fernandes, Felipe Gedoz e Sidcley; Douglas Coutinho
T.: Fabiano Soares

PALMEIRAS
Fernando Prass; Mayke, Mina, Luan e Michel Bastos; Thiago Santos, Tchê Tchê e Moisés; Keno, Dudu e Deyverson
T.: Alberto Valentim (interino)

Estádio: Arena da Baixada, em Curitiba
Horário: 17h
Juiz: Claudio Francisco Lima E Silva (SE)

Colunas

Contraponto