Banner Codevida

Deyverson supera pedido de dispensa em protesto e é elogiado no Palmeiras

Os dois gols marcados ontem, contra o Flamengo, surgem como uma redenção para o atacante

Comentar
Compartilhar
13 NOV 2017Por Folhapress13h30
Deyverson saiu aplaudido após dois gols contra o FlamengoFoto: Agência Palmeiras

Deyverson atuou como titular em virtude das condições físicas de Willian, que permaneceu no banco de reservas durante os 90 minutos de partida, e não demorou a amenizar as críticas recebidas. Com 13min, o centroavante mostrou virtude ao dominar um longo lançamento de Moisés e abriu o marcador. Aos 36min, o centroavante balançou as redes pela quinta vez com a camisa alviverde e foi aplaudido, horas depois de palmeirenses organizados pedirem a sua "demissão".

Os dois gols também surgem como uma redenção para o atacante, no primeiro jogo como titular depois da saída de Cuca. Na derrota para o Corinthians, Deyverson atuou menos de cinco minutos. Além de entrar no fim, o camisa 16 acabou expulso e deixou o Palmeiras com um a menos na busca pelo empate -o time alvinegro sustentou o 3 a 2.

A irritação com Deyverson por parte do torcedor vem desde a eliminação na Copa Libertadores, quando o centroavante alegou um incômodo muscular para não participar da disputa de pênaltis. No domingo (12), antes da partida contra o Flamengo, o nome do jogador se encontrava em uma lista de "dispensáveis" para a próxima temporada ao lado de atletas como Egidio, nome mais perseguido no ano pelos torcedores.

Após o jogo com o Flamengo, torcida e o técnico Alberto Valentim reconheceram o esforço do centroavante. Deyverson deve voltar ao banco de reservas para o jogo de quinta-feira (16) contra o Sport, já que Willian se encontra próximo das melhores condições físicas. Porém, com a atuação decisiva de domingo (12), o jogador ganhou pontos com a comissão técnica.

"O Deyverson é um jogador que se esforça muito. Ele entrou bem no jogo contra o Cruzeiro. Ele treina muito forte e não se abateu pelo fato de eu ter entrado com o Willian quando assumi", assegurou o treinador interino palmeirense depois do triunfo no domingo (12).

"Isso que é legal, isso é ter elenco forte. Elenco forte é quando dá para fazer trocas e o jogador dá contribuições. Eles conseguiram suprir as faltas", frisou Alberto Valentim depois da vitória por 2 a 0.

Colunas

Contraponto