Cueva é liberado para voltar a jogar no São Paulo

O peruano passou os últimos dez dias sem poder ser relacionado pelo técnico Dorival Júnior

Comentar
Compartilhar
02 FEV 2018Por Folhapress13h31
A volta do armador foi comunicada por Raí ao elenco na manhã desta sexta (2)Foto: Érico Leonan/saopaulofc.net

A diretoria do São Paulo anunciou, nesta sexta-feira (2), que Christian Cueva está liberado para voltar a jogar. O peruano passou os últimos dez dias sem poder ser relacionado pelo técnico Dorival Júnior, como forma de represália às polêmicas que antecederam a partida contra o Mirassol, na semana passada. O diretor-executivo de futebol Raí comentou a liberação no site oficial do clube.

"Cueva demonstrou comportamento exemplar nos treinos durante esse período, manifestou arrependimento e também o desejo de voltar a defender o São Paulo. Depois de conversas diretas com o atleta e consultas à comissão técnica e a seus companheiros, a diretoria concluiu que ele é merecedor de uma nova chance de demonstrar seu comprometimento", afirmou o cartola.

Na terça (23), Cueva pediu para não viajar para o jogo com o Mirassol, válido pela terceira rodada do Campeonato Paulista. Na ocasião, o meia se irritou por ser reserva, enquanto Diego Souza e Anderson Martins, que iniciaram junto com ele a pré-temporada, começariam como titulares. Além disso, dias antes, viu o time barrar proposta de venda para o Al Hilal, da Arábia Saudita.

A volta do armador foi comunicada por Raí ao elenco na manhã desta sexta (2). Após o dirigente falar, Cueva pediu a palavra e se desculpou com os colegas.

O comportamento do camisa 10 fez com que Raí falasse em falta de compromisso. Dorival deixou o caso nas mãos dos dirigentes e evitou falar sobre o assunto, mas terá Cueva à disposição para enfrentar o Botafogo, às 17h deste sábado (3), no Morumbi.

Diário da Copa

RUSSIA 2018
Faltam
dias para a Copa

Colunas

Contraponto