01h : 12min

Assine o Diário e o Santista por R$8 por mês no plano atual

Cristiano Ronaldo pode custar R$ 737 milhões a interessados, diz jornal

Atualmente, a cláusula de rescisão de Cristiano Ronaldo é de 1 bilhão de euros (R$ 3,6 bilhões) colocada em seu contrato desde 2009

Comentar
Compartilhar
18 JUN 2017Por Folhapress16h30
O Real Madrid não parece estar disposto a facilitar a vida de Cristiano RonaldoFoto: Associated Press

O Real Madrid não parece estar disposto a facilitar a vida de Cristiano Ronaldo caso o português mantenha a decisão de deixar o clube, notícia dada pela imprensa europeia na última sexta-feira (16). O time espanhol até poderia liberar o atacante caso alguém pague 200 milhões de euros (R$ 737 milhões), segundo o jornal Marca.

Atualmente, a cláusula de rescisão de Cristiano Ronaldo é de 1 bilhão de euros (R$ 3,6 bilhões) colocada em seu contrato desde 2009. Mas, o Real Madrid sabe que a cifra é inacessível para qualquer clube.

Apesar de aguardar o término da Copa das Confederações para resolver a situação, o Real sabe que Manchester United e PSG poderiam oferecer o valor pedido para contar com o atacante português. Os chineses também poderiam pagar o montante, mas na Espanha, ninguém considera que Cristiano tope ir para a Ásia no momento.

Além de lucrar com a venda, o Real ainda teria mais 200 milhões de euros (R$ 737 milhões) de economia. Afinal, Cristiano tem contrato até 2021 e recebe 50 milhões de euros (R$ 184 milhões) por temporada.

Colunas

Contraponto